terça-feira, 8 de agosto de 2017

(Paulista) Sesi-SP e Vôlei Ribeirão abrem a competição em Santo André

Nesta quarta-feira, às 19h, Sesi-SP e Vôlei Ribeirão abrem o Campeonato Paulista – Divisão Especial, em Santo André. Após garantir o título da Copa SP, o clube paulistano, que chega bastante modificado em relação a temporada passada, quer conquistar o Estadual pela quinta vez. Já a equipe de Ribeirão Preto estreia oficialmente neste confronto, tendo como objetivo realizar uma boa campanha, mas de olho na Superliga B.

Vice-campeão na última edição, após decisão no golden set contra o Funvic/Taubaté, o Sesi-SP esteve presente em todos os pódios da competição desde a sua fundação, em 2009. Para buscar mais um título, a equipe tem algumas peças novas, como o ponteiro Lipe, que viverá dois momentos nesta quarta-feira, pois terá do outro lado da quadra, como adversário, o Vôlei Ribeirão, projeto que idealizou e que disputa em 2017 o Campeonato Paulista, a Taça Prata e Superliga B.

“Acredito muito na força da nossa equipe, de cada jogador e também na comissão técnica extremamente competente que temos essa temporada. Com essa confiança que se consolida diariamente nos treinos de qualidade, tenho convicção em uma campanha que nos permitirá sonhar com o título”, comentou Lipe, que se diz muito feliz em ver do outro lado da quadra o time que idealizou.

“Honestamente, fico muito feliz com essa situação. É uma emoção grande, um sentimento de dever cumprido ter um time disputando o maior campeonato do Estado já na sua primeira temporada. Obviamente nesse momento são objetivos completamente diferentes entre as duas equipes, e como atleta do Sesi-SP eu só penso em vencer e conquistar os títulos que esse clube merece. Mas tenho também consciência de que Ribeirão foi montada com força para brigar com as equipes grandes já no Paulista. O jogo vai ser emocionante para mim, pode ter certeza”, finalizou.

Sete vezes campeão da Superliga, sendo três como treinador e quatro como auxiliar, Marcos Pacheco estava no Sesi-SP na temporada passada e agora comanda o Vôlei Ribeirão. Além do treinador, foram contratados nove jogadores e selecionados outros cinco que moram em Ribeirão Preto e fizeram parte de uma seletiva que levou mais de 200 garotos à Cava do Bosque. 

“Dentro da nossa realidade fizemos uma preparação muito boa. O time está motivado e pensando em fazer um bom jogo, equilibrado, para tentar surpreender o Sesi. Na teoria, o adversário é favorito, mas queremos mudar esse prognóstico na partida em Santo André", afirmou Pacheco, avaliando que a meta da temporada é buscar o acesso para a Superliga B, através da Taça Prata, e posteriormente chegar à Superliga A. "É o começo de uma jornada. Temos várias etapas e a principal delas, no momento, é a Superliga B para depois subir à Superliga A. É um processo que começa agora. A estrutura para isso está maravilhosa”, disse o técnico Marcos Pacheco.

foto: Helcio Nagamine/Fiesp

Nenhum comentário:

Postar um comentário