quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Diante de quase nove mil pessoas, Brasil vence novamente os Estados Unidos

Dois amistosos, duas vitórias. Assim, a Seleção Brasileira encerra a primeira parte da série contra os Estados Unidos, em preparação para a Copa dos Campeões, que será disputada no próximo mês, no Japão. O primeiro resultado positivo veio no domingo, em São Paulo e, ontem, a equipe dirigida pelo técnico Renan levou a melhor novamente, desta vez, por 3 sets a 2, parciais de 25/22, 19/25, 25/11, 16/25 e 15/8, na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus.

Os Estados Unidos saíram na frente e o Brasil logo virou o jogo em 2 a 1. O adversário empatou em 2 a 2 e depois de uma bola muito disputada, Renan fez 3 a 2. A partida seguiu igual em 5 a 5. No bloqueio de Otávio, 7/6. Os norte-americanos reassumiram o comando do placar e quando fizeram 9/6, Renan pediu tempo. Com Isac, o Brasil encostou em 12 a 13. O Brasil conseguiu abrir dois de vantagem e assegurou a diferença em 19 a 17 com ponto de bloqueio de Isac. Com Otávio, a seleção brasileira chegou a 22 a 20. O Brasil ainda fez 23 a 20 com ponto de saque de Raphael e os Estados Unidos encostaram em 22 a 23. Renan pediu tempo. Na volta, o oposto Renan pontuou e, com Lucarelli, fechou em 25 a 22.

Otávio abriu o placar do segundo set a favor do Brasil. O outro central, Isac, marcou 4 a 2. Os Estados Unidos buscaram, empatarem em 4 a 4 e assumiram o comando do set em 5 a 4. O time visitante manteve um de vantagem em 8 a 7. O time visitante abriu boa vantagem no placar em 15 a 11. A diferença aumentou ainda mais em 16 a 11. Na bola de segunda, a seleção norte-americana chegou a 20 a 14 e Renan pediu tempo. Com Lucarelli explorando o bloqueio adversário, a seleção da casa fez 17 a 22. No final, os Estados Unidos fecharam em 25 a 19.

Os Estados Unidos saíram na frente no terceiro set e Maurício Borges respondeu. O time norte-americana abriu vantagem em 4 a 1 e Renan pediu tempo. Na volta, Maurício Borges pontuou no ataque e, depois de um bom saque, o Brasil encostou em 3 a 4. Em boa passagem de Otávio pelo saque, o time da casa virou o placar para 6 a 5. Ainda com o central no saque, 12 a 5 no bloqueio de Isac. Mais uma vez com Isac, a seleção brasileira chegou a 14 a 6. Com Lucarelli, o Brasil chegou a 10 de vantagem (18 a 8). No bloqueio de Otávio, 21 a 9. Maurício Borges fez 21 a 10. Com tranquilidade, o Brasil fechou em 25 a 11.

O início do quarto set teve equilíbrio, com as equipes empatadas em 3 a 3. Renan marcou 5 a 4. O time norte-americano abriu dois de vantagem em 7 a 5. Os Estados Unidos abriram três em 10 a 7 e Renan pediu tempo. No bloqueio, o adversário marcou 12 a 8. Com Maurício Borges, o Brasil reduziu a diferença para 10 a 14. Contando com erros do time da casa, o time norte-americano abriu voa diferença no placar em 18 a 11. Os Estados Unidos seguiram dominando a parcial e fecharam o quarto set em 25 a 16.

O início do quinto e decisivo set foi muito disputado, com as equipes empatando em 2 a 2 e depois em 4 a 4. O Brasil assumiu o comando do placar em 5 a 4. A seleção da casa abriu dois de vantagem em 7 a 5. Na troca de quadra, 8 a 6 para a equipe brasileira. Em boa passagem de Maurício Souza pelo saque, o Brasil chegou a 10 a 6 com ponto de Renan. Mais um ace de Maurício e o time brasileiro fez 11 a 6. No bloqueio de Isac, 13 a 7. O Brasil fechou em 15 a 8.

“Um jogo pesado como esse é importante para dar cada vez mais experiência a esse grupo que estava aqui em Manaus. Hoje estava muito calor, somos seres humanos e sentimos isso. Mas, foi um bom jogo, bem disputado, e soubemos lidar com os nossos erros. Fomos melhorando a cada set e conseguimos a vitória”, disse o ponteiro Maurício Borges.

“Foi muito bom o jogo e importante porque o grupo todo aproveitou para pegar um bom ritmo. Uma festa linda, incrível da torcida de Manaus, que lotou o ginásio e nos ajudou a conseguir essa importante vitória para o grupo. Apesar de ser um amistoso, é um degrau a mais que o grupo cresce e fico muito feliz de ter participado desse espetáculo aqui em Manaus”, afirmou o levantador Raphael.

A sequência de amistosos entre as duas seleções seguirá agora nos Estados Unidos, em Chicago, onde se enfrentarão na próxima sexta-feira e sábado. Após os quatro confrontos, a equipe brasileira ainda terá duas semanas de treinamentos antes da próxima competição.

foto: Michael Dantas/MPIX/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário