sexta-feira, 14 de julho de 2017

Pilares do Sada/Cruzeiro, Filipe e Serginho estão com fôlego para mais títulos

Eles chegaram ao clube em 2010 e agora, na edição 2017/18, vão completar oito temporadas defendendo a camisa do Sada/Cruzeiro. Pilares de um grupo que conquistou tudo, acumulando todos os títulos possíveis da modalidade, o ponteiro Filipe e o líbero Serginho mostram que estão com fôlego renovado para começar mais um ano em busca de novas vitórias.

“A cada ano aqui no Sada/Cruzeiro é uma vitória pessoal para mim, de poder mostrar o meu trabalho, de ver que o clube está acreditando em mim, na minha liderança, no meu perfil como jogador. Para mim é começar como sempre, com muito gás, muita expectativa. Eu já estava ansioso em casa, pensando que logo já íamos voltar a treinar. E cada um já começa a traçar metas. Têm os jogadores novos que estão chegando, então a gente sabe que tem que se doar ainda mais neste começo. Vamos trabalhar juntos, em busca do mesmo objetivo”, afirmou o ponteiro Filipe.

“A gente sempre tem em mente que depende muito mais do nosso esforço diário do que outro fator que vá interferir no nosso sucesso. Não tem muito segredo. O trabalho é o que vai fazer a diferença. E nós trabalhamos demais, com uma grande estrutura. Quando começa a temporada a gente sempre pensa em ganhar tudo. Eu venho para essa temporada para ganhar tudo novamente, para me dedicar demais nos treinos, e eu tenho certeza que se fizermos o nosso trabalho como a gente vem fazendo, os resultados vão aparecer”, disse o líbero Serginho.

O ponteiro passador e o líbero conquistaram com o Sada/Cruzeiro um total de 26 títulos, sendo 30 decisões nos 33 torneios disputados. Somente na última edição, comandados pelo técnico Marcelo Mendez, o Sada/Cruzeiro acumulou as conquistas do Campeonato Mineiro, o Tricampeonato Mundial, o Bi da Supercopa, o Tetracampeonato Sul-Americano e o Penta da Superliga, atingindo um recorde.

foto: Renato Araújo Sada/Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário