terça-feira, 18 de julho de 2017

Marcelo Fronckowiak fala sobre seu desligamento do Vôlei Canoas

Na última segunda-feira, a diretoria do Vôlei Canoas informou que Marcelo Franckowiak não estará no comando da equipe para a temporada 2017/2018. Hoje, o atual auxiliar-técnico da Seleção Brasileira fez questão de se posicionar a respeito de seu desligamento do clube, inclusive confirmando que negou algumas propostas devido ao interesse de permanecer no projeto e no Rio Grande do Sul.

“Importante fazer um histórico. Estava lutando pelo projeto de Canoas, dentro das incertezas que existiam pós-Superliga e com uma nova administração municipal. Mantive contatos frequentes durante este período com essa tríade que é a gestão do Vôlei Canoas, prefeitura e Universidade LaSalle, da qual, inclusive, eu sou aluno. Se a justificativa é financeira, poderiam, ao menos, ter me perguntado se eu aceitaria uma redução salarial. Se a justificativa é técnica, isto deveria ter sido deixado claro para mim, não deveriam estar contentes com meu trabalho. Rejeitei propostas recentemente para continuar, todos sabiam disto”, declarou Marcelo Fronckowiak.

Com o Vôlei Canoas, Marcelo Fronckowiak conquistou dois Campeonatos Gaúchos, mantendo assim a hegemonia do clube no Estado (cinco títulos consecutivos), além de disputar os playoffs da última edição da Superliga. Recentemente conquistou o vice-campeonato da Liga Mundial com a Seleção Brasileira, onde é auxiliar-técnico de Renan Dal Zotto.

“A minha permanência no Rio Grande do Sul diz respeito a um projeto de vida, retorno ao Estado depois de 12 anos por questões de saúde na minha família e o fato de manter vivo junto com essas entidades um pólo de voleibol muito importante na escola brasileira de voleibol. Com relação à seleção brasileira, minha longa trajetória profissional justifica este momento. Tenho orgulho de ter me doado, como sempre faço, ao Vôlei Canoas, e que venham os novos desafios”, concluiu o treinador.

Desde ontem, Marcelo Fronckowiak está em Saquarema, onde trabalha com a Seleção Brasileira de olho no Campeonato Sul-Americano, que ocorrerá de 7 a 11 de agosto, em Temuco e Santiago, no Chile. A seleção brasileira estreia no dia 7, contra os paraguaios, no dia seguinte enfrenta os venezuelanos e encerra a fase classificatória no dia 9 diante dos colombianos.

foto: Daniel Zappe/MPIX/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário