terça-feira, 4 de julho de 2017

(Liga Mundial) Seleção Brasileira vence o Canadá na estreia da Fase Final

A Seleção Brasileira estreou na Fase Final da Liga Mundial com vitória sobre o Canadá por 3 sets a 1, parciais de 25 /21, 17/25, 25/19 e 25/19, na Arena da Baixada, em Curitiba. Com o resultado, o time verde e amarelo abre três pontos na liderança do Grupo J, sendo que na próxima quinta-feira, às 15h05min (horário de Brasília) encara a Rússia pela classificação as semifinais.

O Canadá abriu o placar do jogo e ainda fez 3 a 0. Wallace abriu o placar para o Brasil. A seleção canadense abriu 6 a 2 e Renan Dal Zotto pediu tempo. No primeiro tempo técnico, vantagem do adversário em 8 a 3. A diferença no placar esteve em cinco pontos (11 a 6). Com Lucão, a seleção brasileira reduziu a desvantagem para 10 a 13. A diferença ainda caiu para apenas um quando Wallace, na largadinha, fez 14 a 15. Foi a vez do adversário pedir tempo. Na volta, ponto de saque do oposto e tudo igual no placar: 15 a 15. Lucão colocou o Brasil empatado em 19 a 19 e a equipe da casa assumiu o comando do placar em 20 a 19. No bloqueio de Lucarelli, a seleção brasileira chegou a 22 a 20. O Brasil ainda marcou 23 a 20. No final, com uma grande virada, o Brasil fechou em 25 a 21.

A seleção da casa saiu na frente e esteve no comando do marcador em 5 a 4. O marcador esteve igual em 8 a 8 e depois em 10 a 10. Os canadenses abriram vantagem em 13 a 10 e Renan Dal Zotto pediu tempo. O placar ainda foi a 16 a 12 favorável ao time visitante. Com ponto de saque, o Canadá abriu cinco de vantagem (18 a 13). O técnico da seleção brasileira parou mais uma vez o jogo com pedido de tempo. Com mais um ace, a seleção do Canadá marcou 21 a 14 e abriu boa vantagem no placar. Os visitantes seguiram bem, administraram a diferença e fecharam em 25 a 17.

Depois de boa defesa de Bruninho, o Brasil marcou 3 a 2. Com Lucarelli, 5 a 4. O Canadá assumiu o comando do placar em 7 a 6. No bom saque de Lucarelli, a equipe da casa chegou a 8 a 7. Os canadenses voltaram a passar a frente e quanto chegaram a 10/8, Renan Dal Zotto pediu tempo. Os canadenses ainda fizeram 12 a 10. Com dois pontos seguidos de Wallace, um no ataque e outro no bloqueio, o Brasil deixou tudo igual no placar (12 a 12). A seleção visitante teve um de vantagem em 15 a 14. Com Wallace pontuando bem, a seleção brasileira chegou a 17 a 15. No bloqueio de Maurício Souza, 18 a 16. O Brasil ainda fez 19 a 16. A seleção brasileira marcou 21 a 17 e o Canadá pediu tempo. No bloqueio de Lucão, 23 a 18. Com ace de Maurício Borges, o Brasil fechou em 25 a 19.

A seleção brasileira abriu dois de vantagem logo no começo do set em 5 a 3. No bloqueio de Lucão, os donos da casa fizeram 7 a 5. A equipe de Renan Dal Zotto ainda abriu 9 a 6 e o técnico adversário pediu tempo. Em um potente ataque de Wallace, o Brasil marcou 10 a 7. Lucarelli fez 12 a 7. Com ponto de bloqueio de Maurício Souza, o placar foi a 14 a 8. O Brasil marcou 15 a 10. A vantagem esteve em quatro pontos em 18 a 14. A equipe brasileira seguiu com total domínio na reta final do set até fechar repetindo o placar do set anterior: 25 a 19.

“Começamos meio devagar, mas depois soubemos lidar com os nossos erros, ver o que estávamos errando, especialmente no segundo set, quando cometemos muitas falhas, e conseguimos sair com a vitória, que é o mais importante. Agora já é começar a estudar e pensar na Rússia”, disse o ponteiro Maurício Borges.

“O Canadá faz um jogo de volume, de passe, defesa, toca no bloqueio e sai para rejogar. É um time que erra pouco. O nosso bloqueio demorou um pouco para funcionar. Eles têm um levantador que dificulta a nossa leitura de bloqueio e a distribuição dele é muito equilibrada. É realmente bastante difícil de marcar. Hoje, graças a boa postura da metade do jogo em diante, nós forçamos o erro deles e isso foi importante para a nossa vitória”, declarou o técnico Renan Dal Zotto.

Na outra partida desta primeira rodada da Fase Final da Liga Mundial, a França venceu os Estados Unidos por 3 sets a 2, parciais de 27/25, 20/25, 26/24, 17/25 e 15/12. Nesta quarta-feira mais dois jogos ocorrem: Às 15h50min, a Rússia enfrenta o Canadá, enquanto às 17h40min, a Sérvia (atual campeã) encara os Estados Unidos.

Equipes:

Brasil: Bruninho, Wallace, Lucão, Maurício Souza, Lucarelli, Maurício Borges e Thales (líbero)
entraram: Renan e Lucas Lóh
técnico: Renan Dal Zotto

Canadá: Perrin, Sanders, Maar, Vernon-Evans, Jansen, Vigrass e Bann (líbero)
entraram: Hoag, Derocco, Barnes
técnico: Stephane Antiga

foto: FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário