segunda-feira, 3 de julho de 2017

(Liga Mundial) Em palco grandioso, Brasil estreia contra o Canadá na Fase Final

A Seleção Brasileira estreia na Fase Final da Liga Mundial nesta terça-feira contra o Canadá. O primeiro jogo do time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto será às 15h05min, na Arena da Baixada, em Curitiba, onde foi montada toda uma estrutura do voleibol para receber, além do Brasil, as outras cinco melhores seleções do campeonato: Canadá, Rússia, França, Estados Unidos e Sérvia. A partida do Brasil terá transmissão ao vivo da TV Globo e do SporTV.

A equipe brasileira chega para as finais depois de nove partidas e seis vitórias conquistadas na fase classificatória. Diante de brasileiros, canadenses, russos, sérvios, franceses e norte-americanos, a expectativa é por uma das etapas mais difíceis dos últimos anos. Na busca pelo décimo título, o time verde e amarelo pensa passo a passo neste início de trabalho.

“A primeira semana sofremos um pouco mais, mas tivemos paciência de saber que não estávamos no nosso melhor depois de só duas semanas de treinamento e sem ter feito nenhum amistoso. Com o decorrer da competição, melhoramos, terminamos a fase de classificação na segunda posição e isso foi bom. Nessas duas semanas conseguimos consertar alguns pontos em que estivemos um pouco abaixo e vamos chegar com tudo nesta Fase Final”, disse o ponteiro Lucarelli.

“Não tem como apontar favoritos. São seis equipes que podem chegar a conquista do título sem a menor sombra de dúvidas (...) O Canadá é uma seleção muito consistente taticamente, com sistema de bloqueio e defesa. Tem no seu contra-ataque uma das suas armas. Eles jogam para causar o maior número de contra-ataque possível, então é um jogo onde temos que ter muita paciência”, afirmou o técnico Renan Dal Zotto.

“O Canadá tem um sistema defensivo muito forte. As vezes não conseguem matar a jogada, mas cobrem, erram muito pouco e nós temos que estar muito tranquilos para jogar porque é uma partida que tem tudo para se tornar longa. Temos que ter essa frieza para enfrentá-los. Amanhã é um dia de ter foco, paciência e tranquilidade”, afirmou o levantador Bruninho.

Equipes:

Brasil: Bruninho, Wallace, Lucão, Maurício Souza, Lucarelli, Maurício Borges e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Renan Dal Zotto

Canadá: Perrin, Hoag, Maar, Jansen, Vigrass, Walsh e Bann (líbero)
técnico: Stephane Antiga

foto: Valterci Santos/MPIX/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário