sábado, 8 de julho de 2017

Bento Vôlei trabalha contra o relógio para viabilizar presença na Superliga

Na última quarta-feira, o Bento Vôlei, através de uma rede social, divulgou uma nota oficial falando da dificuldade de manter a equipe de alto rendimento para a próxima temporada e, consequentemente, o risco de não disputar a Superliga 2017/2018. Mesmo com a retomada das atividades do projeto social, onde mais de 720 crianças são atendidas, o clube gaúcho esbarra na falta de patrocínio para viabilizar o time adulto.

“É um sentimento estranho ver ameaçada a continuidade do que logramos colocar em prática desde que assumimos o Clube, porque os frutos estão aí na vitrine: atletas das categorias de base convocados para as seleções brasileiras; jogos transmitidos em horários nobres ao vivo em rede nacional, com alcance internacional, sendo cinco na Superliga passada e seis na anterior; desde a retomada do Clube, tanto na Superliga B por dois anos, quanto na Superliga A também por dois anos, Bento Gonçalves tem o maior público do Estado, fazendo frente a várias outras cidades do país também”, declarou o vice-presidente técnico-esportivo do Bento Vôlei, Ricardo De Gasperi.

Desde 2013, o Bento Vôlei adotou a filosofia de ter a equipe de alto rendimento em quadra para que sirva de espelho aos integrantes do Projeto Social e das Categorias de Base, algo que vem dando expressivos resultados, tanto no incentivo à participação e à adesão quanto a resultados obtidos na quadra. Entretanto, as empresas colocam a crise econômica atual como um dos fatores para não investir, além do Pró-Esporte (projeto de lei de incentivo estadual) ainda não ter sido liberado pelo governo gaúcho.

A Confederação Brasileira de Vôlei colocou como 30 de junho, a data final para confirmação dos clubes que já tem vaga na Superliga 2017/2018. Entretanto, o Bento Vôlei conseguiu prorrogar o prazo para o dia 12 de julho, com o objetivo de arrecadar o montante mínimo desejado para então confirmar presença na competição. O clube corre contra o relógio para buscar parceiros e atrair empresas que estiveram com o time em temporadas passadas.

“Se tivesse que confirmar participação hoje, nós estaríamos fora. Nós não temos nada, só temos a vaga, mas não temos nenhum patrocínio de fato concretizado (...) Acho que ainda dá, as chances são pequenas, vou ser bem franco, e dentro do meu sentimento, é um sentimento de extrema preocupação. Precisamos de, no mínimo, dois patrocinadores que confirmem até a metade da semana que vem. Mas é muito pouco tempo e ainda nãos sabemos o montante de patrocínio que conseguiremos até aquela data”, disse o diretor executivo do clube, Rafael Fantin, o Dentinho, em entrevista ao FML Esportes.

foto: Enio Bianchetti/Bento Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário