Antes de estrear no Estadual, Caramuru/Castro lança projeto social ‘Vôlei Fera’

Nesta quinta-feira, às 20h, o Caramuru/Castro enfrenta o AVTB/Telêmaco Borba, no ginásio Padre José Pagnacco, na estreia do Campeonato Paranaense – 1ª Divisão. Em meio a preparação para iniciar a temporada 2017/2018, jogadores, comissão técnica e dirigentes se reuniram ontem para lançar o projeto social ‘Vôlei Fera’, que atenderá 480 crianças de 9 a 14 anos.

“Temos orgulho de compactuar com a ideologia dessa gestão que pensa em esporte para todos. O vôlei é a modalidade mais praticada em Castro. Temos uma equipe profissional e agora um projeto social de primeiro mundo”, disse o técnico Fábio Sampaio, valorizando o apoio do município.

“Queremos oportunizar aos alunos a prática do esporte, pois sabemos que pelo esporte muitos jovens se mantêm fora das ruas e longe das drogas. Esporte é saúde e qualidade de vida”, ressaltou o secretário municipal de Esporte e Juventude de Castro, Marcos Vinicios de Rocco.

O Volei Fera é uma extensão do projeto das escolinhas desportivas desenvolvido pela Prefeitura Municipal e conta com o apoio da MV Selmer Transportes e Família Beck. Cada escola receberá duas vezes por semana, no contraturno escolar, aulas de vôlei para os alunos. As equipes são compostas por quatro professores da secretaria, seis voluntários da comissão técnica do Caramuru Vôlei, além do acompanhamento de 17 atletas da equipe profissional nas clínicas, torneios interpolos e também nas aulas.

foto: Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio