sábado, 24 de junho de 2017

(Mundial Sub-21) Seleção Brasileira bate a China e garante vaga antecipada

Na segunda rodada do Campeonato Mundial Sub-21, a Seleção Brasileira venceu a China por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/21 e 25/16, em Cescke Budejovice, na República Tcheca. Com o resultado, a equipe verde e amarela chegou a seis pontos na liderança do Grupo D, e garantiu, de forma antecipada, a classificação à próxima fase.

O jogo contra a China, cabeça de chave e atual bronze mundial na categoria, era, na teoria, o mais complicado neste início de campeonato. No entanto o saque brasileiro fez a diferença no duelo contra os chineses, foram oito pontos do Brasil neste fundamento, contra apenas dois dos adversários. O ponteiro Victor Barigui foi a figura principal da partida, anotando 21 pontos. O oposto Roque, com 15, também se destacou.

“Nesse jogo de hoje fizemos uma estratégia de usar mais o saque flutuado para dificultar a ação do ataque chinês, e essa era a nossa prioridade hoje (...) Para nós, o jogo mais difícil é sempre o próximo. Amanhã o jogo contra o Japão também será complicado. Nossa linha de pensamento é essa, cada jogo seguinte é o mais difícil. Com isso a gente não perde o foco, estamos sempre ligados no que fazer. Sem dúvida foi uma vitória muito importante que nos deixa em primeiro do grupo. Contra os japoneses temos que continuar a concentração, com os pés no chão, pois sabemos que é a fase de classificação ainda. E depois, na fase seguinte, vamos continuar o nosso crescimento”, explicou o treinador Nery Tambeiro.

O Brasil entrou em quadra com o levantador Matheus Brasília, o oposto Roque, os centrais Gabriel Bertolini e Daniel Mascarenhas, os ponteiros Birigui e Alexandre Elias, e o líbero Maique. Entraram Luís Rodrigues, Davy e Barreto. O próximo compromisso será neste domingo, às 10h (horário de Brasília), contra o Japão.

foto: FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário