terça-feira, 2 de maio de 2017

Zenit Kazan conquista pela terceira vez consecutiva a Champions League

No último domingo, o Zenit Kazan, da Rússia, venceu o Perugia, da Itália, por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/23 e 25/14, e conquistou pela terceira vez consecutiva o título da Champions League. O Final Four foi realizado em Roma e mesmo assim, a equipe do técnico Vladimir Alekno, que conta com o cubano Leon e o norte-americano Matt Anderson, foi superior diante da equipe local, que tem eu seu elenco nomes como o do italiano Zaytsev e do sérvio Atanasijevic.

“Na verdade, não há segredo para o nosso sucesso (...) Neste momento, nosso clube é extremamente bem organizado e tem os meios para recrutar alguns dos melhores jogadores do mundo. É de onde vem o nosso sucesso. Gostaria de dizer que nem sempre é fácil para os jogadores e treinadores lidarem com a pressão, já que as expectativas são sempre incrivelmente altas e todos esperam que vençamos. Nossos fãs e a gerência percebem um segundo lugar como algum tipo de falha completa, então a pressão está sempre sobre nós. Estou, naturalmente, feliz com o resultado e esta medalha de ouro”, disse o treinador Vladimir Alekno.

Nas semifinais, o Zenit Kazan venceu os alemães do Berlin Volleys por 3 a 0, parciais de 25/21, 25/22 e 25/13, enquanto o Perugia passou pelo Lube Civitanova por 3 sets a 2, parciais de 25/19, 22/25, 25/19, 21/25 e 15/9. Na decisão, o nome do jogo e eleito o MVP da competição foi o oposto russo Mikhaylov, com 19 acertos. Além dele, a seleção do campeonato teve o levantador De Cecco, o oposto Atanajisevic, os ponteiros Leon e Zaytsev, os centrais Podrascanin e Volvich, e o líbero Grebennikov.

foto: Zenit/Kazan/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário