sábado, 6 de maio de 2017

Prefeitura aperta finanças e Montes Claros Vôlei busca alternativas

O momento de crise econômica no Brasil mexe e muito com a situação de alguns projetos esportivos, como é o caso do Montes Claros Vôlei. Após uma bela campanha na Superliga 2016/2017, a equipe mineira teria um suporte menor da prefeitura na próxima temporada e segundo o gestor do clube, Andrey Souza, o momento é de buscar alternativas seja no empresariado local ou fora da cidade.

A prefeitura já sinalizou que vive um momento de adequação financeira, mas que seguirá auxiliando o projeto com estrutura logística e cessão do ginásio Tancredo Neves. Atualmente, o Montes Claros Vôlei se mantém com apoio de patrocinadores privados e com ajuda complementar do município para fechar seu orçamento, o que deve ser interrompido na próxima temporada.

“Só com patrocínios, montaríamos uma equipe menor. Tivemos uma ótima conversa com o prefeito (de Montes Claros, Humberto Souto), que apresentou condições. Buscamos viabilizar recursos, via emendas parlamentares, para ações de esporte e saúde, como compensação do desembolso do município, mas não teve como fazer compromisso com o clube”, disse Andrey Souza, em entrevista ao globoesporte.com, que não descarta a saída do projeto da cidade.

Na última quinta feira, Andrey Souza esteve reunido com representantes da Associação Comercial e Industrial, com o objetivo de mobilizar a classe empresarial e industrial de Montes Claros em busca de parcerias para viabilização do projeto na temporada 2017/2018. Com sua estrutura, a ACI irá promover e acessibilizar reuniões com empresários locais e a gestão do Montes Claros Vôlei, onde buscarão juntos parcerias via Ministério do Esporte. 

foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário