segunda-feira, 22 de maio de 2017

Henrique Furtado torce por sequência de trabalho e parceria no JF Vôlei

Na Superliga 2016/2017, o JF Vôlei conquistou pela primeira vez desde sua criação um lugar nos playoffs, terminando a competição na 7ª posição. Um dos fatores para isso foi a parceria envolvendo o Sada/Cruzeiro, que levou vários jovens atletas celestes para a Zona da Mata, além de Henrique Furtado, comandante da boa campanha. Em meio a negociação para a continuidade do projeto, o treinador falou sobre sua vontade de seguir em Juiz de Fora.

“Estamos conversando sobre a permanência, sobre a seqüência do projeto. É um prazer trabalhar com o Maurício Bara (diretor), o Toninho Buda (presidente) e o Heglison Toledo (supervisor), que estão conversando comigo sobre a possibilidade da renovação. As duas partes Sada/Cruzeiro e JF Vôlei estão conversando sobre a continuidade da parceria e acho que tudo está indo em uma direção muito bacana. Estou feliz pela maneira como fui recebido, como fui tratado e sinto que são pessoas que me querem ao lado delas e isso é recíproco. Estou torcendo para que tenhamos mais uma temporada de muita luta e muito trabalho”, declarou Henrique Furtado, que fez uma analise da campanha na Superliga passada.

“Eu acredito que foi um trabalho muito bem feito, em todas as esferas. Em primeiro lugar os jogadores trabalharam muito bem, foram dedicados e comprometidos, a quem eu vou ter sempre admiração e respeito. A comissão técnica pequena, com profissionais que tentaram dar sempre as melhores condições aos atletas que junto com uma diretoria que se esforçou noite e dia para nos dar as melhores condições possíveis, mesmo enfrentando várias dificuldades extra quadra. Foi um trabalho bem feito com a participação e todos tem uma parcela participativa no resultado histórico desse projeto. Os torcedores, que junto com o time, foram crescendo e ajudando a cada dia. Entenderam nossas dificuldades e eles foram importantes para o nosso sucesso”, explicou o treinador.

O JF Vôlei trabalha para fechar a parceria com o Sada/Cruzeiro, que novamente cederia alguns atletas, mas a diretoria ainda busca patrocinadores no mercado para qualificar o elenco. A intenção é garantir que a equipe consiga se sustentar financeiramente, honrando os compromissos durante toda a temporada. No momento, alguns jogadores já deixaram a equipe, como o central Rômulo, que vai ser aproveitado por Marcelo Mendez na Raposa, e o oposto Renan, que se destacou na temporada passada sendo convocado para a Seleção Brasileira e deve atuar no Sesc-RJ.

foto: Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário