sexta-feira, 19 de maio de 2017

Éder se despede do Funvic/Taubaté e confirma ida para o italiano Trentino

Nesta sexta-feira, o campeão olímpico Éder divulgou em suas redes sociais uma nota de despedida do Funvic/Taubaté, equipe onde foi campeão paulista e vice da Superliga 2016/2017. Na sequência, o central brasileiro de 33 anos confirmou sua transferência para o Trentino, da Itália, um dos times mais fortes do mundo, e onde terá sua primeira experiência internacional em clubes.

“Hoje me despeço do Funvic/Taubaté. Quero agradecer por essa temporada onde fui muito bem recebido pela comissão, companheiros de time, e em especial a torcida, que nos apoiou e sempre me tratou com muito carinho. Foi um ano muito vitorioso, com dois títulos e um vice campeonato, e toda equipe está de parabéns pelo desempenho. Fiz grandes amizades e tenho certeza que muitos vou levar pro resto da vida. Desejo muita sorte aos que continuam nesse projeto”, declarou Éder.

Após aparecer na UCS, Éder foi para a Cimed, onde foi campeão de quatro edições da Superliga. Na sequência se transferiu para o Sesi-SP, onde ficou uma temporada e logo acertou com o Sada/Cruzeiro, equipe na qual foi campeão por três oportunidades da Superliga. Com vários títulos nacionais e com a seleção brasileira, o central agora terá o desafio de jogar na Serie A da Itália.

“Esse será meu novo clube para a próxima temporada, o Trentino . Estou muito feliz por essa oportunidade de jogar num dos melhores e mais tradicionais times do mundo”, disse Éder, que chega para substituir o argentino Sebastian Solé (contratado justamente pelo Funvic/Taubaté).

“Durante a próxima temporada teremos condições de colocar em quadra cinco jogadores que competiram na final olímpica dos Jogos Rio/2016. Por si só, este número diz o quanto nossa equipe pode ser competitiva”, afirmou o presidente do Trentino, Diego Mosna, lembrando que além de Éder, a equipe renovou com 

“O currículo do Éder fala por ele. Ganhou muitos títulos tanto em clubes quando na seleção nacional e esperamos continuar a fazê-lo (...) Nós queríamos incluir no elenco um atleta experiente, que não apenas aumentasse o nível do nosso jogo, mas também em relação à mentalidade”, declarou o técnico do Trentino, Angelo Lorenzetti.

foto: Rafinha Oliveira/Funvic Taubaté

Nenhum comentário:

Postar um comentário