Com base estreando na temporada, Brasil Kirin avalia mercado no adulto

Depois de três meses de preparação, as categorias de base do Vôlei Brasil Kirin, através da equipe Sub-19, estreou no Campeonato Paulista da categoria vencendo o Centro Olímpico, em São Paulo. Os jovens são parte importante do projeto da equipe de Campinas, porém o momento é de avaliar mudanças no time adulto, semifinalista da Superliga 2016/2017.

Em fevereiro deste ano, uma notícia agitou a economia e o mercado de bebidas no país, quando foi anunciada a venda do grupo Brasil Kirin para a Heineken. A cervejaria holandesa adquiriu toda a estrutura por 664 milhões e euros (cerca de R$ 2,2 bilhões) e ainda não se posicionou a respeito do patrocínio que o grupo japonês realiza junto a equipe de Campinas.

A diretoria do time de Campinas já trabalha forte para fechar o orçamento, tanto que na temporada passada, quando a Brasil Kirin diminuiu o seu aporte financeiro, o clube buscou novos parceiros, como a MRV e a Unimed Campinas. No mercado de transferências, o campeão olímpico Maurício Souza e o líbero Tiago Brendle já teria acertado suas idas para o Sesc-RJ, enquanto o oposto Rivaldo estaria nos planos do Corinthians. 

foto: Brasil Kirin/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Robinho acerta ida para o voleibol português e jogará no novo time do Sporting

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Apresentação do Corinthians/Guarulhos deve ocorrer na próxima terça-feira