sábado, 8 de abril de 2017

UPCN dá o troco no Bolívar e empata a final do Campeonato Argentino em 1 a 1

Na segunda partida da decisão do Campeonato Argentino, a UPCN não se intimidou com a presença de 2.500 pessoas nas arquibancadas e derrotou o Personal Bolívar por 3 sets a 0, parciais de 17/25, 21/25 e 25/27, no ginásio República da Venezuela. Com o resultado, a serie melhor de cinco jogos está empatada em 1 a 1, sendo que o próximo confronto será no dia 13, no ginásio Aldo Cantoni, em San Juan.

Assim como no primeiro confronto, o oposto Thomas Edgar foi o maior pontuador, com 22 acertos, porém desta vez o Personal Bolívar não conseguiu se impor e viu uma UPCN concentrada desde o início do confronto. No primeiro set, o brasileiro Gustavão foi fundamental no bloqueio para ajudar os visitantes a abrirem vantagem no placar e depois terem tranquilidade para fecharem em 17 a 25. Na segunda parcial, os donos da casa erraram demais e com Brajkovic fazendo a UPCN jogar a vitória foi de 21 a 26.

O terceiro set foi o mais equilibrado de todos, com as duas equipes forçando bastante o saque. Tomas Edgar era a válvula de escape do Personal Bolívar, já que Piá e Aleksiev fizeram um ponto cada em toda a partida. Já na UPCN, Filardi (13 pontos) e Lazo (12 pontos) tiveram bom desempenho para ajudar a equipe comandada por Fabian Armoa a vencer nos detalhes por 25 a 27.

foto: Bolívar/Divulgação

Um comentário: