sábado, 22 de abril de 2017

(Superliga) Com direito a set de 37/35, Sesi-SP vence Funvic/Taubaté

Em partida muito equilibrada e com direito a set mais longo da competição, o Sesi-SP venceu o Funvic/Taubaté por 3 sets a 2, parciais de 37/35, 21/25, 19/25, 25/21 e 15/10, no ginásio do Abaeté. Com o resultado, o time paulistano força a realização de um quarto jogo pela semifinal da Superliga 2016/2017, que ocorrerá na próxima quinta-feira, às 19h30min, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul.

O primeiro ponto do jogo foi do bloqueio do Funvic/Taubaté. No lance seguinte, no saque de Lucarelli, mais um ponto para o time da casa. No bloqueio de Lucas Lóh, 3 a 0, ainda com Lucarelli no saque. Em mais um bloqueio, dessa vez com Otávio, 5 a 1. Pacheco pediu tempo. O placar esteve com quatro de vantagem também em 7 a 3. Em boa combinação de Rapha com Éder, 10 a 6 para a equipe da casa. Com Wallace pontuando bem, o Funvic Taubaté marcou 12 a 8. O Sesi-SP reagiu e, com Théo, reduziu a diferença para dois pontos: 10 a 12. Com boa passagem de Riad pelo saque, os visitantes encostaram em 11 a 12. Cezar Douglas parou o jogo. No ponto de saque de Théo, o Sesi-SP fez 13 a 14. No bloqueio de Éder, o Taubaté voltou a abrir (16 a 13). Com Lucas Lóh defendendo e pontuando no ataque na sequência, o time mandante chegou a 17 a 13. Em grande passagem de Otávio pelo saque, o placar ainda foi a 19 a 13. Com dois pontos diretos de saque de Lucão, o Sesi-SP voltou a aproximar no placar em 18 a 20. Os donos da casa fizeram 23 a 20. O Sesi-SP buscou e deixou tudo igual em 24 a 24. No saque de Lucão, o time visitante conseguiu a virada: 27 a 26. O set seguiu equilibrado. Com Wallace, Taubaté marcou 28 a 28. Com Otávio, 30 a 30. Lucarelli marcou 33 a 32 e Lucão deixou tudo igual em 33 a33. No ace de Bruninho, 35 a 34 para o Sesi-SP. No bloqueio de Théo, 37 a 35.

O segundo set começou também com muito equilíbrio, com o empate em 2 a 2. O Funvic Taubaté abriu quatro pontos de diferença com o oposto Wallace, fazendo 8 a 4. No ponto de saque de Théo, a diferença caiu para dois em 6 a 8. A vantagem taubateana voltou a abrir quatro em 11 a 7. No erro do adversário, o time da casa marcou 14/10. O Sesi-SP buscou, assim como no primeiro set, e encostou. No ace de Wallace, o Taubaté chegou a 18 a 15. Marcos Pacheco pediu tempo. Com Otávio, o Funvic/Taubaté marcou 20 a 17. Com Lucarelli, a equipe da casa fez 22 a 19 e forçou o técnico do Sesi-SP a parar o jogo com pedido de tempo. O time taubateano seguiu embalado e fechou em 25 a 21.

O terceiro set teve um início equilibrado, com o empate em 3 a 3. No bloqueio de Lucas Lóh, o Funvic Taubaté marcou 4 a 3. Com o ponteiro pontuando bem, o time da casa abriu dois em 6 a 4. Mais uma vez, o Sesi-SP demonstrou poder de reação e empatou em 9 a 9. Com Wallace em uma diagonal curta, o grupo dirigido por Cezar Douglas marcou 12 a 10. Com Lucarelli pontuando no saque e no contra-ataque, 14 a 10. No erro do adversário, o Funvic/Taubaté abriu quatro de vantagem (15 a 11). No bloqueio de Bruninho, o Sesi-SP fez 14 a 16. Sem desistir do set, o time da Vila Leopoldina marcou 15 a 18. Quando o placar foi a 20 a 15, Pacheco pediu tempo. Em boa passagem de Rapha, o Funvic/Taubaté chegou a 24 a 17. No final, vitória do time da casa com ponto de Lucarelli: 25 a 19.

O quarto set também começou com equilíbrio, com empate em 3 a 3. A parcial esteve igual novamente em 6 a 6 e o Sesi-SP assumiu o comando do marcador no ponto seguinte, fazendo 7 a 6. No erro do adversário, o Funvic Taubaté passou a frente e marcou 9 a 8. Com dois pontos de saque consecutivos do central Riad, o Sesi-SP abriu dois em 11 a 9 e Cezar Douglas pediu tempo. O time da Vila Leopoldina aumentou a vantagem em 15 a 11. Com Théo pontuando bem, o Sesi-SP ainda abriu 17 a 12, forçando o treinador adversário a parar o jogo mais uma vez. A vantagem esteve em cinco para o Sesi-SP em 18 a 13. O grupo visitante chegou a 21 a 15. No bloqueio, o Sesi-SP marcou 23 a 16. Com dois bloqueios seguidos de Éder, Taubaté fez 18 a 13 e Pacheco pediu tempo. O Sesi-SP teve o ponto do set em 24 a 19. Com dois pontos de saque de Éder, o time da casa marcou 21 a 24, mas, no final, o Sesi-SP fechou em 25 a 21.

As equipes trocaram pontos no início do set decisivo, empatando em 2 a 2. Otávio colocou o Funvic/Taubaté em mais um empate (4 a 4). Mais um empate dois pontos depois: 6 a 6. No erro do adversário, o Sesi-SP abriu dois de vantagem em 8 a 6. O placar ainda foi a 9 a 6 e Cezar Douglas pediu tempo. No bloqueio de Théo, 10 a 6. Em domínio no set, o time da Vila Leopoldina chegou a 11 a 7. O time visitante teve 12 a 9. No final, o Sesi-SP conseguiu a vitória por 15 a 10.

Na casa do adversário, o Sesi-SP contou com um jogador em especial bastante inspirado. O oposto Théo foi o maior pontuador do terceiro duelo desta série, com 31 acertos, e ainda foi eleito, por votação popular, o melhor da partida. Logo após o jogo, o atacante falou sobre sua atuação individual e afirmou que precisa melhorar.

“Tive algumas oscilações hoje que não podem se repetir, mas foi uma boa partida. Foi uma superação enorme do nosso time, pois jogar aqui dentro é complicado. Nos superamos, tivemos mudanças no time e quem participou ajudou demais (...) A entrada do Rafa (levantador do Sesi-SP) gerou uma mudança de jogo. Já são muitas partidas contra eles, e o adversário acaba conhecendo cada vez melhor o nosso time. O Rafa é um super jogador e ajudou bem, pois tem uma qualidade incrível, e o grupo todo está de parabéns”, declarou o oposto Theo, que valorizou o banco de reservas.

“No primeiro set deixamos escapar a vitória. Viemos apresentando um padrão de jogo muito forte e o resultado negativo no primeiro set complicou um pouco para o nosso time no decorrer da partida. Mesmo assim, tivemos força para seguir, mas alternando altos e baixos contra uma grande equipe como é o Sesi-SP fica muito difícil", explicou o líbero Mário Jr.

Equipes:

Funvic/Taubaté: Rapha, Wallace, Éder, Otávio, Lucas Lóh, Lucarelli e Mário Jr. (líbero)
entraram: Gelinski, Renan, Japa e Matheus
técnico: Cezar Douglas

Sesi-SP: Bruno, Théo, Lucão, Riad, Vaccari, Murilo e Serginho (líbero)
entraram: Rafa, Alan, Johan, Fábio e Leitzke
técnico: Marcos Pacheco

foto: Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário