domingo, 16 de abril de 2017

(Superliga) No tie-break, Funvic/Taubaté derrota Sesi-SP e faz 2 a 0 na série

Não faltou emoção e equilíbrio na segunda partida das semifinais da Superliga 2016/2017 entre Funvic/Taubaté e Sesi-SP. Após 2h24min, o time do Vale do Paraíba confirmou a vitória por 3 sets a 2, parciais de 25/23, 21/25, 18/25, 25/19 e 15/13, no ginásio Lauro Gomes lotado (4.400 pessoas), em São Caetano do Sul, abrindo assim 2 a 0 na série melhor de cinco partidas. 

Contando com erros do adversário, o Funvic/Taubaté abriu 3 a 1. No ponto de saque de Lucarelli, a equipe visitante ainda fez 4 a 1. No bloqueio de Riad, o Sesi-SP encostou em 4 a 5. O grupo de Taubaté voltou a abrir res pontos em 8 a 5. Com Éder em combinação rápida com Rapha, 10 a 7. Em mais um ponto de saque de Lucarelli, 12 a 8 para a equipe visitante e pedido de tempo de Pacheco. Com Murilo bem no saque, o Sesi-SP reduziu a diferença para 10 a 12. No ace de Bruninho, o time da casa encostou em 12 a 14. Com Murilo, o Sesi-SP chegou ao ponto de empate: 15/15. Com ponto de bloqueio de Éder, o Funvic/Taubaté fez 19 a 16 e Pacheco parou o jogo. Lucas Lóh pontuou duas vezes seguidas no contra-ataque e os visitantes chegaram a 22 a 17. Em grande passagem de Bruno pelo saque, o Sesi-SP ainda encostou em 23 a24. No final, com Wallace, vitória no primeiro set do Funvic/Taubaté por 25 a 23.

A segunda parcial começou com mais equilíbrio, com as duas equipes empatando em 2 a 2. Em grande bola de Lucarelli na diagonal fechada, o Funvic/Taubaté fez 5 a 4. Vaccari deixou tudo igual em 7 a 7 e, no bloqueio de Riad, 8 a 7. Com Théo pontuando bem, o Sesi-SP abriu três (11 a 8). Cezar Douglas parou o jogo com pedido de tempo. A diferença permaneceu em três em 14 a 11 e passou a quatro em 15 a 11. No bom saque de Rapha, o Funvic Taubaté reagiu, marcou 13 a 15, e Pacheco pediu tempo. Leitzke entrou para sacar e, com ace, fez 17 a 13 para o Sesi-SP. Depois de grande saque de Bruninho, Riad pontuou e os donos da casa chegaram a 19 a 14. Pedido de tempo de Taubaté. No bloqueio de Renan, que havia acabado de entrar, o time visitante fez 17 a 20. No erro do adversário, o Sesi-SP fez 23 a 19. Com Théo definindo bem, o time da capital fechou em 25 a 21.

Embalado pela vitória no set anterior, o Sesi-SP abriu 4 a 2 na combinação de Bruninho com Lucão. O central marcou de novo, fez 6 a 4 e Cezar Douglas pediu tempo. Com Lucarelli bem no saque, o Funvic Taubaté chegou ao ponto de empate: 6 a 6. O Sesi-SP voltou a abrir dois em 8 a 6. Com ace de Lucão, a equipe da casa chegou a 10 a 7. Em bom momento de Wallace, o time de Taubaté fez 9 a 10 e Pacheco pediu tempo. A diferença seguiu em um ponto de diferença em 13 a 12 a favor do Sesi-SP. Vaccari pontuou e os donos da casa abriram três de vantagem: 16 a 13. Com Théo, depois de uma bola bastante disputada, o Sesi-SP chegou a 18 a 14. Bruninho bem no saque ajudou o time da casa a 22 a 15. O Sesi-SP seguiu melhor e fechou em 25 a 18.

O Sesi-SP abriu 2 a 1 no bloqueio de Théo. Depois de grande levantamento de Rapha, Lucarelli marcou e o Funvic/Taubaté deixou tudo igual (4 a 4). Com Wallace, o time visitante fez 7 a 6. No ace do oposto, o time visitante marcou 9 a 6 e forçou o adversário a pedir tempo. Na volta, Lucas Lóh pontuou (10 a 6). Em grande passagem de Wallace pelo saque, o Taubaté ainda fez 11 a 6. A diferença no placar passou a ser de seis pontos em 17 a 11. No bloqueio de Éder, 18 a 11. No ace de Wallace, o Funvic Taubaté marcou 20 a 13. O Sesi-SP reduziu a desvantagem para 15 a 20 e Cezar Douglas pediu tempo. No erro do adversário, o time visitante chegou a 22 a 16. No final, melhor para o Funvic/Taubaté, que venceu por 25 a 19.

No bom saque de Otávio, o time visitante abriu 2 a 1 no set decisivo. Théo deixou tudo igual em 2 a 2. No ace de Riad, o Sesi-SP virou o jogo (4 a 3). Na sequência, em boa passagem de Lucarelli pelo saque, o Funvic Taubaté chegou a 6 a 4 e forçou o pedido de tempo de Marcos Pacheco. Com bloqueio simples de Otávio, o time do Vale do Paraíba abriu três de vantagem em 8 a 5. Com Riad, no ataque de primeiro tempo, o Sesi-SP encostou em 8 a 9 e foi a vez de Cezar Douglas pedir tempo. Contando com erros do adversário, o Funvic/Taubaté marcou 12 a 9. Wallace fez 13 a 10. O Sesi-SP reagiu e, com Théo, encostou em 12 a 13. Cezar Douglas pediu tempo. Lucarelli marcou 14 a 12. E Wallace fechou em 15 a 13.

“Foi uma bela batalha hoje. Acho que o torcedor estava esperando por isso, aconteceu um 3 a 2 equilibrado, e agora temos uma próxima chance na sexta-feira para tentar fechar em casa. Hoje, quando o nosso saque entrou um pouco melhor, conseguimos jogar. Quando forçamos no lugar certo deu resultado. Mas, temos que melhorar muito. Vacilamos em alguns momentos. Ganhamos, mas temos que melhorar sempre”, afirmou o ponteiro Lucarelli, eleito o melhor em quadra.

“No quarto set, pecamos um pouco na virada de bola. Em uma sequência do Wallace, eles acabaram abrindo e depois ficou difícil de recuperar. Erramos muito saque e isso dificultou. O tie-break foi decidido nos detalhes. Mas, a partida foi um belo espetáculo para todos. Temos que continuar lutando e vamos ver se conseguimos recuperar o Douglas para o terceiro jogo. Isso pode ser uma arma para o nosso time. Não vamos desistir. Sabemos que jogar lá em Taubaté é difícil, mas vamos tentar abrir a série de novo”, disse o levantador Bruninho, abrindo a possibilidade do retorno de Douglas Souza (fora dos dois primeiros jogos devido a uma lesão no abdômen).

Com a vantagem de 2 a 0, o Funvic/Taubaté receberá o Sesi-SP para o terceiro confronto da série na próxima sexta-feira, às 21h30min, novamente no ginásio do Abaeté. Em caso de uma vitória, o time do Vale do Paraíba estará classificado para a decisão da Superliga 2016/20/17.

Equipes:


Sesi-SP: Bruninho, Théo, Lucão, Riad, Murilo, Vaccari e Serginho (líbero)
entraram: Leitzke, Rafa, Alan, Fábio e Johan
técnico: Marcos Pacheco

Funvic/Taubaté: Rapha, Wallace, Éder, Otávio, Lucarelli, Lucas Lóh e Mário Jr. (líbero)
entraram: Japa, Renan, Gelinski e Matheus
técnico: Cezar Douglas

foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário