quarta-feira, 26 de abril de 2017

Rafael Araujo admite evolução e quer ficar mais uma temporada na Europa

O oposto Rafael Araujo viveu sua primeira experiência na Europa na temporada 2016/2017 e com a camisa do MKS Bedzin foi um dos destaques da PlusLiga, como é conhecido do Campeonato Polonês. Aos 25 anos, o jogador, que foi chamado pelo técnico Renan Dal Zotto para um período de observação no Centro de Desenvolvimento em Saquarema, espera seguir atuando na Europa.

“Sinto que evoluí bastante nesta temporada fora do Brasil, foi bastante produtiva. O Bedzin começou o campeonato de forma surpreendente, mas não conseguiu manter o mesmo ritmo. Pessoalmente, consegui me destacar no ataque e saque. Ganhei mais consistência no saque. Isso me deixou muito feliz e confirmou um trabalho muito duro (...) Meu objetivo é ficar mais um ano na Europa e continuar o processo de evolução. Esta temporada aqui me deu uma bagagem muito grande. Me sinto mais preparado para defender a seleção”, declarou Rafael Araujo.

O oposto, que já teve passagens por Cimed, Taubaté e Sesi-SP, defendeu a seleção brasileira de base, sendo que em 2013, o jogador de 2,06m foi campeão mundial sub-23 com a camisa verde e amarela. Agora, o momento é de ser observado pela nova comissão técnica do Brasil e trabalhar para em breve ser convocado novamente.

“Tive a oportunidade de estar na seleção do Bernardinho em 2014. Foi uma grande experiência estar em um grupo tão vitorioso, viver o dia a dia com eles, tudo me fez crescer. Nesta nova chance, agora com o Renan, vejo como uma oportunidade real de brigar por posição dentro da seleção”, concluiu o oposto.

foto: Wojtek Borkowski

Nenhum comentário:

Postar um comentário