domingo, 16 de abril de 2017

CBV realiza teste de sistema de comunicação entre árbitros e juízes de linha

Na partida do último sábado entre Sesc-RJ e Clube Jaó/Universo, pela final da Superliga B, a Confederação Brasileira de Voleibol testou um sistema de comunicação via rádio entre os árbitros e juízes de linha. O objetivo era facilitar a troca de informações entre os envolvidos na partida para agilizar o processo de cada lance, principalmente aqueles mais duvidosos.

“É uma boa iniciativa. Como aqui estávamos em fase de testes precisei fazer alguns ajustes durante os intervalos, pois o barulho da torcida atrapalha um pouco na hora de ouvir, mas acredito que seja um bom apoio para nós durante os jogos”, disse Ivan Cardoso, que trabalhou como primeiro árbitro da decisão de sábado.

A intenção da CBV é pôr em prática o uso deste sistema nas finais feminina e masculina da Superliga 2016/2017. Vale lembrar que a entidade e os clubes discutem a presença do ‘video check’ na próxima temporada, o que também viria para ajudar a arbitragem em lances polêmicos.

foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário