domingo, 12 de março de 2017

(Superliga) Sada/Cruzeiro supera Brasil Kirin e fecha melhor campanha

Encerrando a última rodada da fase classificatória, o Sada/Cruzeiro não teve dificuldades para vencer o Brasil Kirin por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/12 e 25/11, no ginásio do Riacho, em Contagem. Com o resultado, o time celeste chegou aos 61 pontos consolidando ainda mais a melhor campanha até aqui da competição. Já a equipe de Campinas terminou na 4ª colocação, com 43 pontos ganhos. 

O Sada/Cruzeiro esteve na frente do placar e com ponto de Evandro abriu três de vantagem: 7 a 4. O Vôlei Brasil Kirin buscou e encostou no placar em 7 a 8. Rivaldo pontuou e fez 10 a 11 para o time de Campinas. No erro do adversário, o Brasil Kirin chegou ao ponto de empate em 13 a 13 e, na jogada seguinte, assumiu o comando do marcador em 14 a 13. No bloqueio de Simón, o Sada marcou 17 a 15 e Dileo pediu tempo. O time mineiro teve um de vantagem em 18 a 17. Com ponto de saque de Rodriguinho, os donos da casa chegaram a 20 a 17. Dileo parou o jogo. Duas vezes com Evandro, o Sada/Cruzeiro fechou o set em 25 a 20.

O Sada/Cruzeiro saiu na frente e fez 3 a 1. O time mineiro colocou quatro de vantagem em 7 a 3. No ace de William, a equipe da casa colocou boa vantagem no placar: 10 a 4. O Sada ainda fez 12 a 5. Com Simón, o time de Marcelo Mendez marcou 15 a 9. Com dois erros seguidos do adversário, os donos da casa fizeram 18 a 9. O Sada chegou ao dobro de pontos em 20 a 10. Sem enfrentar dificuldades, o Sada Cruzeiro fechou o set com dois pontos de saque seguidos de Alan em 25 a 12.

As equipes estiveram empatadas no início do terceiro set em 3 a 3. O Sada/Cruzeiro abriu vantagem, fez 9 a 4 e forçou Horacio Dileo a pedir tempo para orientar seus jogadores. No bloqueio de Rodriguinho, o time mineiro marcou 12 a 7. Com mais um bloqueio, dessa vez com Simón, o Sada abriu oito de diferença (16 a 8). Dileo pediu mais um tempo. Com ace do campeão olímpico Evandro, o líder da Superliga marcou 19 a 8. Mais uma vez com uma parcial tranquila, o Sada Cruzeiro fechou em 25 a 11.

“É importante pegarmos um pouco de ritmo antes do playoff e foi bom estar com o time titular nessa partida. Perdemos em Taubaté, na rodada passado, com o time reserva, mas foi um bom jogo. Agora estamos trabalhando bem para iniciar o playoff de boa maneira. Estamos trabalhando e estou tentando tentando ajudar o time para ganhar a Superliga, que seria o meu primeiro título no Brasil”, disse o central Simón.

A CBV ainda não divulgou datas e horários dos playoffs. Por ter tido melhor campanha, o Sada/Cruzeiro tem o direito de sediar três jogos da série melhor de cinco das quartas de final, quando enfrentará o Lebes/Gedore/Canoas (8º colocado). O mesmo ocorre com o Brasil Kirin no confronto diante do Montes Claros (5º colocado).

Equipes

Sada/Cruzeiro: William, Evandro, Simón, Isac, Leal, Rodriguinho e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa e Alan
técnico: Marcelo Mendez

Brasil Kirin: Rodriguinho, Rivaldo, Vini, Maurício Souza, Temponi, Diogo e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Gregore, Jotinha e Pedro
técnico: Horacio Dileo

foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário