domingo, 19 de março de 2017

(Superliga) Funvic/Taubaté leva a melhor sobre o JF Vôlei no primeiro jogo

Pela primeira partida das quartas de final da Superliga 2016/2017, o Funvic/Taubaté precisou suar a camisa para vencer o JF Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 29/27, 25/23 e 25/18, no ginásio da UFJF. O resultado coloca o time do Vale do Paraíba em vantagem na serie, sendo que o segundo confronto ocorre na quinta-feira, às 21h55min, no ginásio Abaeté.

O JF Vôlei abriu o placar do jogo no saque para fora do adversário. Wallace devolveu para o Funvic Taubaté e ficou tudo igual em 1 a 1. O set seguiu equilibrado, com as equipes empatadas em 6 a 6. Com muitos erros de saque dos dois lados, a parcial se manteve com as equipes trocando pontos. Novo empate em 10 a 10. No ponto de saque de Raphael, o Taubaté fez 12 a 11. O placar esteve igual mais uma vez em 15 a 15. Quando o adversário marcou 16 a 15, Cezar Douglas pediu tempo. O time visitante marcou dois pontos seguidos, fez 17 a 16 e foi a vez de Henrique Furtado pedir tempo. Com Otávio no ataque, Taubaté fez 19 a 17. Com Wallace pontuando mais, o grupo paulista marcou 20 a 18. Éder fez 21 a 19. O JF Vôlei chegou ao ponto de empate em 22 a 22. Em um grande ponto de Lucarelli, o Funvic Taubaté chegou a 24 a 22. O Juiz de Fora buscou e deixou tudo igual em 24 a 24. O set seguiu extremamente equilibrado, com empate em 27 a 27. No final, depois de muita disputa, o Funvic Taubaté fechou em 29 a 27.

Assim como no set anterior, o segundo teve equilíbrio em 2 a 2 logo no começo. A partir daí, o Funvic Taubaté passou a pontuar mais e, quando abriu 5 a 2, Henrique Furtado pediu tempo. Na volta, ace de Wallace e 6 a 2. No erro de saque do adversário, o Taubaté chegou a 8 a 4. Quando o placar foi a 9 a 4, Henrique Furtado parou o jogo. Ricardo marcou pelo fundo meio e o JF Vôlei fez 8 a 12. No bloqueio de Lucas Lóh e Otávio, 14 a 9 para o Taubaté. O JF Vôlei reagiu e, no bloqueio, fez 12 a 15. Ricardo bloqueou e a diferença caiu para 13/15. No erro de saque do time de Juiz de Fora, o Funvic Taubaté fez 18 a 15. Com Diego, a equipe da casa voltou a encostar em 17 a 18. Com Wallace, o Taubaté fez 21 a 18. O JF Vôlei bloqueou e encostou mais uma vez: 20 a 21. O time paulista fez 23 a 20 no bloqueio. O grupo mineiro buscou e fez 22 a 24. No bloqueio de Ricardo, 23 a 24. E no bloqueio de Otávio, o Funvic Taubaté fechou em 25 a 23.

Com Lucarelli, o Funvic Taubaté fez 4 a 2 no início do terceiro set. Quando a equipe paulista marcou um a mais, Henrique Furtado pediu tempo. No bloqueio de Otávio, o placar foi para 7 a 3. Lucarelli marcou mais um ponto (8 a 3) e o time de Juiz de Fora pediu tempo. Com mais um bloqueio, o Taubaté fez 10 a 3. O time paulista ainda chegou a 12 a 3. Em um set bem mais tranquilo para a equipe do Vale do Paraíba, o placar apontou 15 a 6. O JF Vôlei reagiu, reduziu a desvantagem em 12 a 17. No erro de saque do adversário, o Taubaté fez 20 a 13. O placar ainda foi a 23 a 16 no ponto de Lucarelli. No final, com Lucas Lóh, 25 a 18.

“Temos falhado um pouco no ataque, em alguns momentos tomando bloqueio, e a questão toda está em ter um pouco mais de paciência. Sabíamos que não ia ser fácil, principalmente pelo último jogo do returno, quando perdemos aqui, e hoje não foi diferente (...) Óbvio que jogar em casa é uma força a mais, mas ainda não tem nada definido. A torcida sempre nos apoia muito dentro de casa e temos que tentar fazer valer essa força a mais nos dois jogos que temos em Taubaté agora”, analisou o oposto Wallace.

“No último jogo aqui, não fizemos uma boa partida. Hoje foi melhor, jogamos um pouco mais consistentes, nosso sistema defensivo foi melhor e agora é tentar manter o que fizemos de bom nesse jogo para os jogos em casa”, destacou o ponteiro Lucarelli.

“Num jogo como este, contra um time tão forte, tudo acaba sendo decidido em detalhes. Não conseguimos aproveitar algumas oportunidades que tivemos e a partida acabou escapando. Temos que enaltecer, também, o poder de reação que tivemos para buscar um placar largo no segundo set. O time é guerreiro. Precisamos de um pouco mais de paciência, em alguns momentos”, declarou o líbero Fabio Paes.

“Repetimos hoje o que fizemos durante toda a temporada: tivemos foco, fomos guerreiros e lutamos até o fim por cada ponto. É a cara deste grupo. Conseguimos igualar a partida em vários momentos, contra um adversário muito forte. É importante tentar não dar chance, matar as bolas na hora certa e evitar entregá-la a eles. Vamos nos focar em consertar alguns erros que percebemos hoje para entrar com tudo na próxima partida”, disse o técnico Henrique Furtado.

Equipes:

JF Vôlei: Rodrigo Ribeiro, Renan, Diego, Bruno, Ricardo Jr., Rammé e Fábio Paes (líbero)
entraram: Juan, Franco, Rafael, Moreno, Adami, Drago
técnico: Henrique Furtado

Funvic/Taubaté: Raphael, Wallace, Éder, Otávio, Lucarelli, Lucas Lóh e Mário Jr. (líbero)
entraram: Gelinski e Renan
técnico: Cezar Douglas

foto: Vítor Bara/JF Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário