domingo, 5 de março de 2017

(Superliga) Em jogo disputadíssimo, JF Vôlei vence Montes Claros no tie-break

Contando com o apoio da torcida, o JF Vôlei derrotou o Montes Claros por 3 sets a 2, parciais de 22/25, 25/18, 25/23, 21/25 e 15/10, no ginásio da UFJF, pela 9ª rodada do returno da Superliga 2016/2017. Com o resultado, o time da Zona da Mata segue na 6ª colocação, com 29 pontos, enquanto o Pequi Atômico continua no 5º lugar, com 34 pontos.

Mesmo jogando fora de casa, o Montes Claros começou melhor em quadra abrindo 5 a 12, com destaque para o oposto Luan. Essa grande vantagem foi importante para os visitantes administrarem o placar e fecharem o primeiro set em 22 a 25. Na segunda parcial, o JF Vôlei foi quem iniciou melhor e colocou 9 a 6 no placar. Com o oposto Renan soltando o braço, os donos da casa foram abrindo vantagem: 14 a 9 e com certa tranquilidade fecharam o período em 25 a 18.

Com 1 a 1 em sets era de se esperar muito equilíbrio na terceira parcial. E foi isso que se viu. As duas equipes foram trocando pontos: 7 a 7 e 15 a 15, até que o Montes Claros, com bom trabalho de Murilo Radke fez 16 a 18. Na sequência, o que se viu foi muita disputa e a virada do JF Vôlei para 21 a 20, sendo que no final, os donos da casa tiveram mais paciência para fecharem em 25 a 23. Mesmo com a derrota no set anterior, Montes Claros veio forte para a quarta parcial e logo fez 6 a 11. Luan estava muito bem no ataque, mas os ponteiros Jonatas e Bob ajudavam tanto no passe quanto no ataque: 17 a 20. No final, o Pequi Atômico segurou a ponta no placar e fechou em 21 a 25.

O tie-break levantou os mais de 500 torcedores que estavam no ginásio da UFJF. O JF Vôlei começou na frente: 4 a 3 e conseguiu na sequência abrir dois pontos de vantagem: 6 a 4. O Montes Claros seguia brigando por pontos, mas com grande atuação do oposto Renan (30 pontos na partida), os donos da casa mantiveram a ponta no placar e fecharam o duelo em 15 a 10.

“No primeiro turno fizemos uma partida ruim na casa deles. Hoje conseguimos vencer. Entramos muito concentrados e com uma vontade imensa de ganhar, porque precisávamos pontuar. Estudamos muito o jogo do adversário e conseguimos colocar esse conhecimento em prática, trabalhando a bola e errando poucos ataques. O time todo está de parabéns, assim como quem veio assistir. O nosso ginásio é menor e a torcida fica ali do lado, colada na quadra. Isso ajuda muito”, declarou o oposto Renan.

“Um jogo nervoso e de bom nível técnico, dos dois lados. Eles vêm fazendo um grande trabalho em Montes Claros, já há algumas temporadas. Nós jogamos bem e conseguimos ser eficientes e controlados ao longo de toda a partida. Mostramos disposição e juventude em alguns momentos e experiência para lidar com outras situações que surgiram. Temos um grupo que se completa, nos momentos bons e nas dificuldades. Agora encaramos outras duas equipes muito fortes para fechar a campanha nesta etapa de classificação. Vamos focados e procurando as vitórias. É um ótimo momento para seguirmos com o alto nível de jogo, já pensando nos playoffs”, disse o técnico Henrique Furtado.

Na próxima quinta-feira, às 21h55min, o JF Vôlei encara o Sesi-SP, no ginásio da Vila Leopoldina. Já na quarta-feira, às 19h, o Montes Claros recebe o Caramuru/Castro, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:


JF Vôlei: Renan, Rodrigo Ribeiro, Rammé, Ricardo Júnior, Bruno, Diego Almeida e Fabio Paes (líbero)
entraram: Raphael Marcarini, Franco Drago, Romulo e Juan Mendez
técnico: Henrique Furtado

Montes Claros: Luan Weber, Murilo Radke, Jonatas, Bob, Rafael, Salsa e Gian (líbero)
entraram: Índio, Wanderson, Ale, Reffatti e Kachel
técnico: Marcelinho Ramos.

foto: Vítor Bara/JF Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário