sexta-feira, 31 de março de 2017

(Superliga B) Duelo entre Botafogo e Sesc-RJ promete agitar General Severiano

Neste sábado, às 20h, o Botafogo recebe o Sesc-RJ, no ginásio Oscar Zelaya, em General Severiano, pelo primeiro jogo das semifinais da Superliga B. O Alvinegro chegou para o duelo após eliminar a Upis e ter sido o quarto colocado na fase classificatória, enquanto os comandados de Giovane Gavio tiveram a melhor campanha da etapa anterior e passaram pelo Uberlândia/Gabarito nas quartas de final.

Como a entrada é franca, a expectativa é de ginásio lotado para receber o duelo carioca. O Botafogo vem embalado, pois dos últimos cinco jogos venceu quatro, mostrando muita força no momento decisivo da competição. O técnico Mauro Lima tem um time experiente nas mãos, com destaque para o levantador Maurício, o central Satiro e o oposto Alex Damião .

“Será uma partida difícil mas já mostramos que temos condições de ganhar deles, perdemos lá na primeira fase jogando muito bem. Agora o jogo é com a nossa torcida e creio que eles terão mais dificuldades. Ano passado, eu joguei aqui pelo Blumenau e foi complicado, muita pressão, o clima totalmente favorável ao Botafogo e nós perdemos. Temos que fazer valer o nosso mando, assim como foi contra a Upis”, declarou o ponteiro Najari.

Todos no Sesc-RJ sabem das dificuldades que irão encontrar, lembrando os duelos da decisão do Campeonato Carioca e o confronto da fase regular da Superliga B. Sendo considerado favorito antes mesmo da competição iniciar, o time comandado por Giovane Gavio tem pontos fortes, como o oposto Paulo Victor e a regularidade dos ponteiros Juninho e Hugo. 

“O jogo tem fortes componentes emocionais, já é um clássico carioca, e sabemos que haverá a presença de torcida, que exerce uma certa influência. Mas estamos nos preparando a semana inteira para poder ter um bom desempenho contra um time que vem jogando bem contra o Sesc-RJ”, disse o técnico Giovane Gávio.

foto: Satiro Sodré/SSPress/Botafogo

Nenhum comentário:

Postar um comentário