sexta-feira, 24 de março de 2017

Com ranking em discussão, Clubes vão integrar Assembleia Geral da CBV

A inclusão de dois representantes de clubes entre os membros votantes foi decidida pela Assembleia Geral Ordinária da Confederação Brasileira de Voleibol realizada nesta sexta-feira, em Barra de São Miguel (AL). Os representantes de clubes serão indicados pelo Comitê Brasileiro de Clubes, que faz parte do Sistema Nacional do Desporto, conforme dispõe a Lei Pelé.

De acordo com a diretoria da CBV, a inclusão dos clubes agora na Assembléia Geral Ordinária, e anteriormente dos representantes dos atletas de voleibol de quadra e praia, vem contemplar a participação de todos os atores que constroem o esporte, além de atender à legislação em vigor. Vale destacar que este é um momento delicado para a entidade, que vê os jogadores ganhando força contra o ranking e os clubes questionando a liberação das transmissões pela internet.

“Estamos sempre abertos à participação de todos em prol do desenvolvimento do voleibol brasileiro, e nada melhor do que trazermos para dentro aqueles que fazem o esporte no dia a dia. O diálogo com os atletas e os clubes será sempre benéfico e eles também podem contribuir e muito para o nosso crescimento e aprimoramento", comentou o presidente da CBV, Walter Pitombo Laranjeiras. 

Outra decisão da Assembleia foi a aprovação de Ricardo Vieira Santiago, presidente do Minas Tênis Clube, para integrar o Comitê de Apoio ao Conselho Diretor como representante dos clubes. Também nesta sexta-feira, o presidente Walter Pitombo Laranjeiras e o vice-presidente Neuri Barbieri, reeleitos para o período de 2017 a 2020, tomaram posse do novo mandato à frente da CBV.

foto: Renan Rodrigues/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário