domingo, 19 de fevereiro de 2017

(Superliga) São Bernardo bate Copel Telecom/Maringá em briga direta na tabela

Na abertura da 7ª rodada do returno da Superliga 2016/2017, o São Bernardo derrotou o Copel Telecom/Maringá por 3 sets a 2, parciais de 17/25, 21/25, 25/21, 25/22 e 15/13, no ginásio Adib Moyses Dib. Com o resultado, o time do ABC paulista chegou aos 12 pontos e permanece na 11ª posição, enquanto a equipe paranaense tem a mesma pontuação, mas pelos critérios de desempate aparece no 10º lugar. 

A partida começou equilibrada, mas com o Copel Telecom/Maringá sempre a frente do placar: 8 a 10. Forçando o saque, os visitantes abriram boa vantagem e colocaram 9 a 14 no placar, obrigando o técnico Douglas Chiarotti a parar o jogo. Com boas atuações do central Michael e do ponteiro Sergio Felix, a equipe paranaense teve tranquilidade para fechar em 17 a 25. O segundo período foi bastante parelho, com o São Bernardo iniciando na frente: 11 a 9, porém os comandados de Renato Lúcio reagiram e logo fizeram 13 a 15. No final, os visitantes conseguiram abrir boa vantagem e fecharam em 21 a 25.

Com 2 sets a 0 contra, a terceira parcial era tudo ou nada para o São Bernardo, que começou muito forte e logo abriu 8 a 4. Com destaque para o central Wennder, os donos da casa foram crescendo e colocaram 15 a 9 no placar, obrigando o técnico Renato Lucio a pedir tempo. Na reta final, o Copel Telecom/Maringá reagiu e encostou: 23 a 21, mas com muita consciência o time do ABC paulista fechou em 25 a 21. O quarto set foi bastante disputado desde o início com as equipes alternando no placar, porém no momento decisivo, o São Bernardo passou a frente e venceu por 25 a 22.

O tie-break foi emocionante para quem estava presente no ginásio Adib Moyses Dib. O São Bernardo abriu logo 3 a 1, mas os paranaenses não deixavam os donos da casa abrir muito: 6 a 4. Com 10 a 10 no marcador, o que se via era muita tensão dos dois lados e os ataques levando vantagem sobre as defesas. Com 12 a 13 para o Copel Telecom/Maringá, um saque que resvalou na rede deixou tudo igual. Na sequência, dois erros seguidos dos paranaenses fizeram o São Bernardo fechara em 15 a 13.

“Eu acredito que estávamos desde o inicio do jogo com muita vontade. Era um jogo difícil contra Maringá, uma disputa direta na tabela, e a gente estava com excesso de vontade. Quando conseguimos no terceiro set abaixar a adrenalina e fazer as jogadas que tinhas estudado, botamos o time deles na pressão e conseguimos o resultado”, declarou o líbero Rafinha.

“Acho que mostramos um poder de reação a partir do terceiro set, mas aprendemos que a intensidade tinha que ser grande desde o início. Estamos de parabéns pela partida e pelo resultado que nos deixa ainda na briga para permanecer na Superliga. Agora é treinar e focar no próximo jogo”, disse o técnico Douglas Chiarotti.

As duas equipes voltam a quadra na próxima quarta-feira. O São Bernardo encara a Funvic/Taubaté, às 20h, no ginásio do Abaeté, enquanto o Copel Telecom/Maringá, no mesmo horário, pega o Lebes/Gedore/Canoas, no ginásio La Salle.

Equipes:

São Bernardo: Brasília, Gabriel, Vini, Ademar, Wennder, Babu e Carrasco (líbero)
entraram: Yago, Vitão, Wallaf, Rafinha e Matoso
técnico: Douglas Chiarotti

Copel Telecom/Maringá: Ricardinho, Sérgio Felix, Renato Hermely, Marcílio, Ualas, Michael e Felipe (líbero)
entraram: Thiago Aranha, Mudo, Guilherme Gentil, Secco e Pedro
técnico: Renato Lúcio

foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário