sábado, 4 de fevereiro de 2017

(Superliga) Em jogão, Minas Tênis Clube supera Funvic/Taubaté no tie-break

Na abertura da 4ª rodada do returno da Superliga 2016/2017, o Minas Tênis Clube venceu o Funvic/Taubaté por 3 sets a 2, parciais de 25/22, 15/25, 25/22, 22/25 e 16/14, na Arena, em Belo Horizonte. Com o resultado, o time mineiro chegou aos 20 pontos e assumiu a 6ª colocação, enquanto a equipe paulista segue no 3º lugar, agora com 33 pontos.

O central Éder fez o primeiro ponto da partida. O set começou equilibrado. O Minas Tênis Clube se aproveitou dos erros do time de Taubaté e abriu três pontos (10 a 7). Bem no bloqueio, os mineiros mantiveram a vantagem no placar (16 a 13). Com um ponto de saque do central Flávio, os donos da casa fizeram 17 a 13. Os visitantes cresceram de produção e encostaram (19 a 17). Neste momento, o treinador Nery Tambeiro pediu tempo. O Minas Tênis Clube foi melhor na parte final da parcial e venceu o primeiro set por 25 a 22. 

O Funvic/Taubaté voltou melhor para o segundo set e fez 7 a 4. Bem no saque e no ataque, os visitantes aumentaram a vantagem para cinco pontos (15 a 10). Os donos da casa tinham dificuldade no passe. Com um ace do central Eder, o Funvic/Taubaté levou a melhor no segundo set por 25 a 15. 

O terceiro set começou equilibrado. Com bom volume de jogo, o Minas Tênis Clube abriu dois pontos (12 a 10). O saque mineiro voltou a complicar a recepção do Funvic/Taubaté e a diferença aumentou para quatro pontos (15 a 11). Neste momento, o treinador Cézar Douglas pediu tempo. O time de Taubaté se aproveitou dos erros dos donos da casa e encostou (21 a 20). O Minas Tênis Clube segurou a reação dos visitantes e venceu o terceiro set por 25 a 22. 

O Minas Tênis Clube seguiu melhor no início do quarto set e fez 5 a 3. Numa boa sequência de saques do central Otávio, o Funvic Taubaté virou o marcador (8 a 6) e o treinador Nery Tambeiro pediu tempo. A paralização fez bem aos mineiros que empataram (8 a 8). Depois de um longo rally, o time mineiro abriu dois pontos (14 a 12). Novamente numa boa sequência de saques do central Otávio, os visitantes viraram o marcador (17 a 15). O Minas Tênis Clube foi melhor nos momentos decisivos e venceu o quarto set por 25 a 22.

O Funvic/Taubaté começou melhor no quinto set e fez 4 a 2. Numa boa sequência de saques do ponteiro cubano Bisset, os mineiros viraram o marcador (5 a 4). O time de Belo Horizonte cresceu de produção e fez 10 a 8, quando o duelo estava 13 a 13, o central Flávio foi fundamental com dois pontos e a vitória por 16 a 14 do Minas Tênis Clube.

“Valeu a vibração. No fim do tie-break, o que valeu foi a garra, a disposição. Vibrar faz toda a diferença, motiva os atletas para o próximo ponto, chama o time inteiro, chama a torcida junto. E, como capitão, minha função é essa, de comandar a equipe, de liderar o grupo, de puxar a vibração. E isso tem feito a diferença”, declarou o central Flávio.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima quarta-feira. O Minas Tênis Clube enfrenta o Vôlei Brasil Kirin, às 20h, no ginásio do Taquaral, em Campinas. Já o Funvic/Taubaté, no mesmo horário, enfrenta o Bento Vôlei/Isabela, no ginásio Abaeté.

Equipes:

Minas Tênis Clube: Thiago Gelinsk, Felipe Roque, Bisset, Mão, Petrus, Flávio e Rogerinho (líbero)
entraram: Eduardo Carisio, Abouba, William e Vanole
técnico: Nery Tambeiro

Funvic/Taubaté: Rapha, Wallace, Vini, Lucas Loh, Éder, Otávio e Mário Jr. (líbero)
entraram: Japa, Danilo Gelinski e Kaio
técnico: Cezar Douglas

foto: Orlando Bento/MTC

Nenhum comentário:

Postar um comentário