quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

(Superliga) De virada, Lebes/Gedore/Canoas vence Copel Telecom/Maringá

Na partida mais emocionante, até aqui, da 8ª rodada do returno da Superliga 2016/2017, o Lebes/Gedore/Canoas venceu, de virada, o Copel Telecom/Maringá por 3 sets a 2, parciais de 17/25, 21/25, 25/23, 25/23 e 15/11, no ginásio La Salle. Com o resultado, o time gaúcho chegou aos 22 pontos e segue na 8ª posição, ou seja, dentro da zona de classificação para os playoffs, enquanto a equipe paranaense continua no 10º lugar, com 13 pontos ganhos.

O primeiro set iniciou com o Copel Telecom/Maringá dominando as ações: 5 a 8 e com os donos da casa errando demais, principalmente o saque, sendo que o placar chegou a ser de 13 a 20. O técnico Marcelo Fronckowiak ainda tentou mexer no time gaúcho, mas sem efeito, sendo que no final, com destaque para o ponteiro Sergio Felix, os paranaenses fecharam em 17 a 25.

Com as entradas de Felipe Hernandez e Gabriel, o Lebes/Gedore/Canoas iniciou melhor o segundo set: 2 a 0, porém, o time paranaense forçou bastante o saque e equilibrou o duelo: 8 a 8. A partida seguiu parelha e no bloqueio sobre Alison Bastos, o Copel Telecom/Maringá fez 17 a 21. No final, os visitantes conseguiram administrar o placar e fechar em 21 a 25.

Precisando vencer para evitar a derrota, o técnico Marcelo Fronckowiak ousou na terceira parcial. Alison Bastos saiu da posição de oposto, onde atuou nos dois primeiros sets, para jogar de ponta, com Thomaz entrando na saída. As mudanças fizeram efeito e confundiram o adversário. Alison Bastos foi o destaque da parcial e em um ataque de Giovanni pelo meio, os gaúchos fecharam em 25 a 23.

O quarto set, decisivo para ambas as equipes, começou com vantagem da equipe da casa. Consistente no saque com ataques fortes, o Lebes/Gedore/Canoas conseguiu se impor sobre o Copel Telecom/Maringá durante boa parte da parcial. Mesmo com uma reação do visitante, a equipe gaúcha fechou o set novamente em 25 a 23, após ataque pra fora de Renato Hermely.

Como era de se esperar, o tie-break foi equilibrado e tenso para ambas as equipes, com muitos erros nos dois lados. No entanto, pouco antes da metade do set, o time da casa contou com dois erros seguidos do ponteiro Sergio para abrir vantagem de três pontos. A partir daí, o time da casa administrou o placar e fechou o tie-break em 15 a 11 no bloqueio de Ialisson.

“Não estamos em uma situação fácil, mas vamos motivar nosso time, vamos buscar uma solução para chegar o mais próximo possível do oitavo colocado, até porque ainda temos uma chance remota de classificação. Precisamos dessas três vitórias de qualquer jeito até para não correr o risco de um rebaixamento. Vamos voltar a treinar no domingo, vou tentar ao máximo ajustar o que temos que ajustar e é na base da conversa o do treino que vamos nos acertar”, explicou o treinador Renato Lúcio.

As duas equipes voltam a quadra no dia 4 de março. O Lebes/Gedore/Canoas encara o São Bernardo, às 11h, no ginásio Adib Moyses Dib, enquanto o Copel Telecom/Maringá pega o Minas Tênis Clube, às 18h, no ginásio Chico Neto.

Equipes:

Lebes/Gedore/Canoas: Evandro, Alison Bastos, Ialisson, Giovanni, Composto, Alisson Melo e Thales (líbero)
entraram: Felipe Hernandez, Thomaz, Gabriel, Alemão e Maurício
técnico: Marcelo Fronckowiak

Copel Telecom/Maringá: Ricardinho, Sérgio Felix, Renato Hermely, Marcílio, Aureliano, Michael e Felipe (líbero)
entraram: Mudo, Secco, Guilherme Gentil, ualas e Pedro
técnico: Renato Lúcio

foto: Fernando Potrick/Gama

Nenhum comentário:

Postar um comentário