quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

(Superliga) Com direito a set 33/31, Copel Telecom/Maringá supera JF Vôlei

Em partida disputada no ginásio da UFJF, o Copel Telecom/Maringá derrotou o JF Vôlei por 3 sets a 2, parciais de 25/17, 21/25, 23/25, 33/31 e 10/15, pela 5ª rodada do returno da Superliga 2016/2017. Com o resultado, o time paranaense permanece na 11ª posição, agora com oito pontos, enquanto a equipe mineira segue na 6ª colocação, com 22 pontos.

O primeiro set iniciou com o JF Vôlei dominando as ações e abrindo vantagem para fechar em 25 a 17. O Copel Telecom/Maringá se recuperou na partida com boas atuações do ponteiro Sergio Felix e do oposto Marcílio (eleito o melhor da partida), que ajudaram a equipe a vencer o segundo set por 21 a 25 e a terceira parcial por 23 a 25, o que fez o duelo ficar ainda mais quente em quadra.

O quarto e mais disputado set da partida foi o recorde de pontos dessa edição, com o placar 33 a 31. O Copel Telecom/Maringá chegou a ter três match-points, mas o JF Vôlei teve força para e muito talento tanto do levantador Rodrigo Ribeiro quanto do oposto Renan para garantiu o tie-break. No último set, os visitantes levaram a melhor desde o início, colocando 2 a 8 no placar, e com boa atuação de Ricardinho fecharam em 10 a 15.

“Foi um jogo muito disputado, fizemos uma partida boa, mas queríamos levar os três pontos. A vitória foi importante para somarmos pontos e dar confiança à nossa equipe. Agora temos que já pensar no nosso próximo adversário que é o Caramuru Castro no sábado, uma equipe que também vem embalada de vitória, mas precisamos vencer em nossa casa para ainda pensar no nosso objetivo”, explicou o treinador Renato Lúcio.

“Deixamos eles abrirem e ficou difícil buscar a diferença no tie-break. O time deles é muito forte, com jogadores experientes e conhecidos. Nós deixamos tudo nosso em quadra, e a vitória, lamentavelmente, não veio. Sempre jogamos para levar os 3 pontos, então ficamos chateados. Mas a luta continua e vamos encarar todas as partidas restantes como finais, tentando jogar bem sempre, que aí os resultados aparecem naturalmente”, disse o líbero Juan Mendez.

“Foi uma partida muito disputada contra um oponente fortíssimo, que foi muito bem no ataque. Fomos superiores no bloqueio, entretanto, e conseguimos desempenhos semelhantes no saque e na recepção. O que realmente decidiu a favor deles foi o nosso número de erros no início do quinto set. De forma geral, apresentamos um voleibol consistente, com espaço para melhorar em alguns fundamentos”, explicou o técnico Henrique Furtado.

As duas equipes voltam a quadra neste sábado. O Copel Telecom/Maringá recebe o Caramuru/Castro, às 18h, no ginásio Chico Neto, enquanto o JF Vôlei encara o Lebes/Gedore/Canoas, no mesmo horário, no ginásio La Salle.

Equipes:

JF Vôlei: Rodrigo Ribeiro, Renan, Rammé, Ricardo Júnior, Bruno, Diego Almeida e Fabio Paes (líbero)
entraram: Henrique Adami, Juan Moreno, Franco Drago e Juan Mendez
técnico: Henrique Furtado

Copel Telecom/Maringá: Ricardinho, Sérgio Felix, Renato Hermely, Aranha, Mudo, Aureliano e Felipe (líbero)
entraram: Pedro, Marcílio, Michael e Ualas
técnico: Renato Lúcio

foto: Vítor Bara/JF Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário