sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

(Sul-Americano) Sada/Cruzeiro e UPCN fazem primeira semifinal

Atual campeão, o Sada/Cruzeiro enfrenta a UPCN, nesta sexta-feira, às 18h30min, no ginásio Tancredo Neves, pela semifinal do Campeonato Sul-Americano de Clubes. Os mineiros, considerados favoritos ao título, chegam invictos para o duelo após vencerem Montes Claros e os uruguaios do Bohemios, enquanto os argentinos venceram San Martin e Club Unilever, mas acabaram perdendo para o rival Personal/Bolívar.

O encontro entre Sada/Cruzeiro e UPCN tem sido o clássico de maior rivalidade na América do Sul nos últimos anos. Mas a supremacia é brasileira. De 2008 a 2016 foram dez confrontos disputados entre as equipes, com oito triunfos cruzeirenses e dois dos argentinos. A última vez que se enfrentaram foi justamente na semifinal do Sul-Americano do ano passado, com vitória dos mineiros por 3 a 0, que seguiu para a final diante do Funvic/Taubaté e conquistou o tricampeonato.

Os dois primeiros títulos continentais conquistados pelo Sada/Cruzeiro foram sobre o UPCN, em 2012, no Chile, e em 2014, em Belo Horizonte. Em 2015, jogando em casa, em San Juan, foi a vez dos argentinos vencerem. Independente da mudanças nos elencos, vários jogadores se conhecem ou já tiveram a oportunidade de jogar com as duas camisas, como é o caso do oposto Evandro.

“Eu já defendi as duas equipes, joguei com vários atletas que estão em quadra e são jogadores de muita raça. Eles defendem demais e têm muita habilidade no ataque, conseguem encontrar um espaço no bloqueio. A gente tem que ter um saque muito consistente, porque a recepção deles é muito boa. Se o saque entrar, a gente vai poder aproveitar bem no bloqueio e o contra-ataque”, avaliou o oposto Evandro.

“A maioria dos atletas deles já nos conhece, assim como nós os conhecemos. No Mundial deste ano eles saíram na primeira fase, mas acho que era outra situação, de começo de temporada, com todo mundo mais devagar. Agora eles já treinaram bastante, já evoluíram muito mais e creio que terão um time mais estruturado do que aquele que vimos em Betim. Eles vêm para ganhar, assim como a gente. Já nos venceram naquele Sul-Americano de 2015, e, quando você vence, você acredita que dá para ganhar sempre. Não podemos deixar que isso aconteça”, avisou o líbero Serginho.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Evandro, Leal, Filipe, Isac, Simon e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

UPCN: Brajkovic, Uchikov, Gustavão, Martín Ramos, Filardi, Lazo e Garrocq (líbero)
técnico: Fabian Armoa

foto: Ana Flávia Goulart/Sada Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário