quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

(Sul-Americano) Montes Claros, UPCN e Bolívar vencem na 1ª rodada

Montes Claros, Personal/Bolívar e UPCN começaram com vitória no Campeonato Sul-Americano de Clubes 2017. No primeiro jogo do dia, no ginásio Tancredo Neves, pelo Grupo B, os argentinos do Bolivar derrotaram o Club Unilever, do Peru, por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/20 e 25/12. O destaque foi o oposto búlgaro Aleksiev, que anotou 13 pontos no confronto.

O Personal/Bolívar mostrou rapidamente que a diferença entre as equipas era grande. O time peruano, que participa pela primeira vez no torneio, tem metade do elenco formado por jogadores universitários, porém brigavam por cada ponto, com muita intensidade. Alguns erros da equipe comandada por Javier Weber fizeram a partida ficar em pé de igualdade em alguns momentos, mas nada que tirasse o controle das mãos dos argentinos.

No segundo confronto do dia, também pelo Grupo B, a UPCN venceu o San Martin, da Bolívia, por 3 sets a 0, parciais de 25/13, 25/19 e 25/10. Com muita tranquilidade, os comandados de Fabian Armoa passearam em sua estreia, tendo como destaque o equilíbrio na recepção e o bom aproveitamento nos contra-ataques. Em nenhum momento, o time argentino foi ameaçado e mostrou porque é um dos favoritos a chegar na final.

Para fechar a rodada de estreia, o anfitrião Montes Claros passou pelos uruguaios do Bohemios por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/9, 25/21, pelo Grupo A. Contando com o apoio do torcedor, o time mineiro começou muito bem o confronto, tanto que o técnico Marcelinho Ramos chegou a rodar bastante a equipe, com o ingresso de vários atletas do banco de reservas. No terceiro set, os uruguaios foram mais agressivos, mas nada que o Pequi Atômico não soubesse controlar para fechar o confronto.

Nesta quarta-feira, às 17h, o Bolívar encara o San Martín, enquanto às 18h30min, a UPCN enfrenta o Unilever. No último jogo do dia, às 20h, Sada/Cruzeiro e Montes Claros fazem o duelo brasileiro, no ginásio Tancredo Neves. 

foto: Fredson Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário