sábado, 7 de janeiro de 2017

(Superliga) Sesi-SP pega o Copel Telecom/Maringá na Vila Leopoldina

Neste sábado, às 18h, o Sesi-SP recebe o Copel Telecom/Maringá, no ginásio da Vila Leopoldina, pela 1ª rodada do returno da Superliga 2016/2017. Ocupando a vice-liderança, com 26 pontos, o time paulistano espera vencer para tentar se aproximar do Sada/Cruzeiro e se manter no G-4, enquanto a equipe paranaense, hoje no 11º lugar, com seis pontos, quer a vitória para ainda sonhar com os playoffs.

No Sesi-SP, o clima é de tranquilidade já que o time encerrou o primeiro turno com duas vitórias (JF Vôlei e Caramuru/Castro). O técnico Marcos Pacheco que se viu obrigado a utilizar alguns jovens como o líbero Pureza e o ponteiro Fabio deve contar em breve com os retornos de Serginho e Murilo, que estiveram fora nas últimas partidas. Para compensar, o ponteiro Douglas Souza acabou na lista da CBV dos melhores do primeiro turno.

Independente de ter feito uma boa campanha (oito vitórias e três derrotas), todos no Sesi-SP sabem que o segundo turno é bem diferente, já que os times estão entrosados e qualquer equipe luta por um objetivo, seja ingressar nos playoffs ou não ser rebaixado. Com o levantador Bruninho colocando sua liderança em quadra e tendo a parceria com Lucão é de se esperar um crescimento ainda maior do time paulistano.

Pelo lado da Copel Telecom/Maringá, o segundo turno é um recomeço para a equipe que conquistou apenas duas vitórias e sofreu nove derrotas na fase inicial da competição. Recuperado de lesão, o levantador e capitão Ricardinho está de volta ao time, que acabou tendo Renato Soares efetivado como treinador após a demissão de Nutti, que comandará o Clube Jaó/Universo na Superliga B.

“A gente sabe dessa sequência inicial difícil no returno (Sesi-SP, Funvic/Taubaté, Brasil Kirin e Sada/Cruzeiro), o time tem essa consciência, mas vamos pensar positivo, correr atrás dos resultados e conquistar pontos nesses jogos. O segundo turno está recomeçando e temos que ter confiança e se Deus quiser o meu retorno será presente dentro de quadra e ajudando a equipe subir na tabela o mais rápido possível para buscar a classificação” disse o levantador Ricardinho, que ficou de fora em oito partidas.

Equipes:


Sesi-SP:
 Bruninho, Théo, Lucão, Riad, Douglas Souza, Fábio e Pureza (líbero)
técnico: Marcos Pacheco

Copel Telecom/Maringá: Mudo, Aureliano, Renato Hermely, Marcílio, Ricardinho, Sérgio Felix e Felipe (líbero)
técnico: Renato Lúcio Soares

foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário