sábado, 14 de janeiro de 2017

(Superliga) Por manutenção da invencibilidade, Sada/Cruzeiro pega JF Vôlei

No encerramento da 2ª rodada do returno da Superliga 2016/2017, o Sada/Cruzeiro recebe o JF Vôlei, neste sábado, às 21h30min, no ginásio do Riacho, em Contagem. Com 35 pontos, o time celeste está na liderança isolada e é o único time invicto da competição, enquanto a equipe da Zona da Mata aparece no 7º lugar, com 16 pontos, querendo permanecer no G-8. A partida terá transmissão do Sportv.

Considerado o time a ser batido, o Sada/Cruzeiro além de estar invicto na Superliga vem de uma vitória sobre o Lebes/Gedore/Canoas, que lhe classificou para a semifinal da Copa Banco do Brasil. Com tantas competições acumuladas na temporada 2016/2017, o técnico Marcelo Mendez vem optando por rodar todo o elenco cruzeirense, assim, todas as peças adquirem ritmo de jogo e estão preparadas para qualquer momento de necessidade.

“Comparando com as outras temporadas, a gente tem um banco mais inexperiente, que é 100% formado pelos atletas da nossa base, e jogadores mais experientes também no time titular. Então, na medida do possível, é muito importante colocar todos em quadra. E eu fico muito feliz de poder jogar todos os jogos, é sempre muito bom estar em quadra. E fico feliz também por aguentar o tranco. Não é fácil jogar todas as partidas e, em todos esses anos, não consigo lembrar quantas vezes fiquei de fora, seja por lesão, por opção ou por rendimento. Então eu coloco minha cabeça no travesseiro pensando: estou no caminho certo, dá para jogar até uns 67”, declarou o líbero Serginho, único que disputou todos os jogos e que projetou o próximo desafio.

“Eu não cheguei nem a trocar o chip no último jogo. A gente entra em quadra sempre com o mesmo espírito. Nosso time não quer saber se é Copa Brasil ou Superliga, o objetivo é sempre o mesmo: jogar bem, procurar evoluir e ganhar o próximo jogo. E vai ser assim neste sábado novamente, vamos dar o nosso melhor e entrar concentrados em busca da vitória”, concluiu o líbero celeste.

“Conhecemos a maneira como eles jogam, e as principais características de cada jogador. Em contrapartida, eles nos conhecem também. Essa é uma parceria positiva demais. Todo mundo ganha experiência, mais tempo de jogo e tem contato com nível profissional”, analisou o levantador Fernando Cachopa.

Com uma campanha de seis vitórias e seis derrotas, o JF Vôlei vem de quatro resultados negativos e mesmo sabendo da força do adversário espera voltar a vencer. O técnico Henrique Furtado conhece como poucos o Sada/Cruzeiro, já que por um longo período foi auxiliar-técnico de Marcelo Mendez, mas além disso aposta na força do seu jovem elenco.

“Vai ser um jogo muito difícil. Apesar de conhecer bem a equipe do Sada, eles têm um time muito qualificado, com grandes estrelas, mas pegamos bagagem que vai ser importante agora. Além disso, tudo que temos de referência deles vai servir para talvez conseguirmos anular alguns pontos muito positivos do time deles”, comentou o ponteiro Felipi Rammé.

“Vamos procurar fazer um bom jogo e corrigir os problemas que apresentamos nas últimas partidas. Como o Henrique sempre frisa nos treinos, a gente está sempre preparado para surpreender e buscar a vitória a qualquer custo. Vamos com esse espírito. Estou muito feliz com as oportunidades que venho tendo de ajudar o time. Aos poucos, vou me sentindo melhor e ganhando ritmo de jogo”, disse o central Diego Almeida.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Evandro, Filipe, Rodriguinho, Isac, Simon e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

JF Vôlei:
Rodrigo Ribeiro, Renan, Rammé, Ricardo Jr, Bruno, Rômulo e Fabio Paes (líbero)
técnico: Henrique Furtado

foto: Renato Araújo/Sada/Cruzeiro/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário