sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

(Superliga) Minas Tênis Clube encara Montes Claros em clássico mineiro

Neste sábado, às 17h, o Minas Tênis Clube enfrenta o Montes Claros, na Arena, em Belo Horizonte, pela 2ª rodada do returno da Superliga 2016/2017. Na 8ª posição, com 14 pontos, os comandados de Nery Tambeiro querem a vitória para se manterem na zona de classificação para os playoffs, enquanto o Pequi Atômico, hoje no 5º lugar, com 25 pontos, busca a recuperação e a volta ao G-4.

Com cinco vitórias e sete derrotas, o Minas Tênis Clube espera fazer um returno melhor do que foi o turno, porém acabou perdendo para o Bento Vôlei/Isabela, na Serra Gaúcha, no tie-break. O resultado, por ter conquistado um ponto fora de casa, não teria sido tão ruim, caso o adversário não estivesse lutando diretamente por uma vaga nos playoffs. Com isso, vencer o Montes Claros é quase uma obrigação.

“Para crescer, temos que pensar jogo a jogo. A partida contra o Montes Claros é um clássico. Acredito que temos condições de sair com a vitória. Eles estão em uma posição melhor na tabela, mas em confronto direto essas condições se igualam, tanto que vencemos no Mineiro e fomos para a final contra o Sada/Cruzeiro”, declarou o técnico Nery Tambeiro, que terá apenas um desfalque para o confronto.

“Tirando o Thiago Vanole, que está lesionado, vamos com o time completo para essa próxima partida. E a equipe precisa estar unida dentro de quadra para crescer nessa fase. Esse é o nosso objetivo principal, que a equipe evolua e faça vários jogos com a mesma formação, para pegar ritmo e crescer no campeonato. Acredito muito na recuperação do time, para que possamos melhorar a nossa posição na tabela e chegar bem nos playoffs”, completou o treinador.

A derrota na estreia do returno para o Lebes/Gedore/Canoas, no ginásio La Salle, no tie-break, foi dolorida para o Montes Claros. Encarar um clássico agora pode ser visto de duas formas, como uma parada complicada, já que o time vem pressionado por uma vitória, ou de grande valia, já que vencendo ganharia ainda mais moral. No turno, o Pequi Atômico, no ginásio Tancredo Neves, venceu por 3 sets a 1.

“É um clássico, um jogo que as duas equipes querem muito vencer, por isso vamos entrar atentos e com foco total. A gente espera um jogo difícil, mas sempre confiantes no nosso sucesso”, disse o técnico Marcelinho Ramos, que não contará com o central Salsa (lesionado).

Equipes:

Minas Tênis Clube: Thiago Gelinski, Samuel, Felipe, Mão, Flávio, Brunão e Rogerinho (líbero)
técnico: Nery Tambeiro

Montes Claros: Murilo, Luan, Bob, Jonatas, Rafael, Robinho e Gian (líbero)
técnico: Marcelinho Ramos

foto: Orlando Bento/MTC

Nenhum comentário:

Postar um comentário