domingo, 15 de janeiro de 2017

(Superliga B) Em Brasília, Upis faz valer fator casa e supera Botafogo

Pela 2ª rodada da Superliga B, a Upis vence o Botafogo por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 32/30 e 25/16, no ginásio da AABB, em Brasília. Com o resultado, a equipe do Distrito Federal chegou aos quatro pontos e assumiu a vice-liderança da competição, enquanto o Alvinegro carioca, que havia vencido na estreia, aparece na 5ª colocação, com três pontos ganhos.

O Botafogo começou melhor a partida, sempre com uma vantagem de dois a três pontos, sendo que no bloqueio de Najari a o placar marcava 10 a 14. Após o tempo pedido por Flávio Thiensen, a Upis cresceu na partida e com Enoch no saque flutuante e bom posicionamento de bloqueio, os donos da casa viraram: 16 a 15. Com o marcador anotando 20 a 17 para o time do Distrito Federal, o Alvinegro tentou arriscar e errava muito, sendo que no bloqueio de Gustavo, a Upis fechou em 25 a 20.

Assim como na parcial anterior, o Botafogo começou melhor e com belo saque de Najari colocou 8 a 10 no placar. A Upis insistia em sacar no ponteiro Mineiro, estratégia que não estava dando certo, pois em um bom ataque do Satiro, os visitantes fizeram 19 a 16. No bloqueio do experiente Enoch, os donos da casa deixaram tudo igual 21 a 21 incendiando a torcida presente. Na sequência, as equipes foram trocando pontos, 25 a 25, 29 a 29, até que Mineiro atacou para fora e o time de Brasília fechou em 32 a 30.

O terceiro set foi equilibrado desde o início, sem ninguém abrindo frente, com pancada pra lá até 10 a 10. Com dois aces de Pinta, a Upis abriu 13 a 11, deixando o Botafogo mais nervoso em quadra, já que precisa reagir para se manter vivo na partida. Desempenhando bem o side-out, os donos da casa abriram vantagem: 16 a 12, sendo que o líbero Thiaguinho fazia grandes defesas e com uma boa recepção ajudava a equipe a seguir comandando o placar: 21 a 15. No final, com certa tranquilidade, o time de Brasília fechou em 25 a 16.

“Foi um jogo bem disputado, definido nos detalhes, na aplicação tática, jogamos com tranquilidade e na dificuldade, atrás do placar, conseguimos forças para virar e vencemos”, analisou o treinador Flávio Thiensen

“Atuação brilhante da Upis. Tivemos um dia ruim, jogamos muito mal no fundo da quadra, eles fizeram uma partida brilhante e mereceram a vitória”, declarou o técnico Mauro Lima.

No próximo sábado, às 18h, a Upis encara o Sesc-RJ, no ginásio da Hebraica, enquanto no mesmo dia e horário, o Botafogo recebe a Apan/Barão/Blumenau, em General Severiano.

foto: AABB Brasília/Upis

Nenhum comentário:

Postar um comentário