sábado, 7 de janeiro de 2017

(Superliga B) Com grande expectativa, Sesc-RJ enfrenta o Uberlândia/Gabarito

Apontado por muitos como o grande favorito ao título da Superliga B, o Sesc-RJ estreia diante do Uberlândia/Gabarito, neste sábado, às 18h, no ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro. Atual campeão carioca, a equipe comandada por Giovane Gavio chega para a competição tendo o maior orçamento entre as nove equipes na disputa, enquanto o time mineiro está recheado de jovens devido a uma parceria com o Minas Tênis Clube.

Lançado oficialmente em 1º de outubro do ano passado, a equipe carioca garantiu vaga na Superliga B após passar pela Taça Prata. O técnico Giovane Gavio conta com um elenco de jogadores conhecidos e acostumados com a elite nacional, casos dos experientes Everaldo e Lucianinho, e dos jovens Victor Hugo, Juninho, Ary, Thiago Barth e PV.

“Temos uma grande expectativa para esta estreia, pois viemos de uma longa espera desde a última competição. Estamos bem preparados e com vontade de jogar. Nosso principal objetivo na temporada é o título da Superliga B para classificarmos à primeira divisão. Vamos com tudo, para crescer na competição e conseguir alcançar a nossa meta”, comentou o técnico Giovane Gavio.

“Minha expectativa é fazer um grande campeonato, colocar em prática tudo que vem sendo trabalhado e crescer junto com o grupo. Desde que começamos a trabalhar, estamos evoluindo dia a dia e queremos que essa evolução seja permanente para que possamos atingir o nosso objetivo, que é conquistar a Superliga B e chegar à Superliga A. Depois do título do Campeonato Estadual, o time está só treinando, e os jogadores estão ansiosos para que comece a competição”, declarou o levantador Everaldo.

Após um período de treinos intensos, o Uberlândia Gabarito chega para a Superliga B composto por jovens atletas do time juvenil do Minas Tênis Clube. Para o técnico Issanayê Ramires, a competição servirá para dar mais experiência aos jogadores, que no futuro podem ingressar na equipe principal, porém fazer uma boa campanha está na pauta da equipe, como já ocorreu com as equipes juvenis de Sada/Cruzeiro e Sesi-SP no passado.

“Essa oportunidade é muito importante para todos. No Brasil, não temos transição da base para o adulto, não temos competições Sub-21 ou Sub-23 que permitam isso. O trabalho é desenvolver esses atletas, para que sejam corajosos e aproveitem as oportunidades. Os resultados serão consequências de nossas apresentações. Vamos oscilar, mas isso é normal e previsto para um time jovem. O mais importante vai ser jogar felizes, fazer o que gostamos e colocar em prática o trabalho que tem sido feito nos treinos”, declarou o técnico Issanayê Ramires, que ainda falou sobre a motivação para o jogo de estreia, contra uma das equipes favoritas.

“Conhecemos grande parte dos atletas do Sesc-RJ e também pudemos vê-los, já que fizeram amistosos contra o time adulto do Minas. Treinamos muito focados em todo esse período. Agora, é desfrutar do jogo, aproveitar as chances e o clima de estreia. Do outro lado, estão jogadores renomados, comandados pelo Giovane Gávio, mas esperamos que nossos atletas rendam o melhor deles. Todos estão motivados para a competição”, completou o treinador do Uberlândia/Gabarito.

foto: Erbs Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário