domingo, 8 de janeiro de 2017

(Superliga B) Apontado como favorito, Sesc-RJ supera o Uberlândia/Gabarito

Pela 1ª rodada da Superliga B, o Sesc-RJ venceu o Uberlândia/Gabarito por 3 sets a 0, parciais de 25/12, 25/17 e 25/19, no ginásio do Clube Hebraica. Com o resultado, a equipe carioca, que é apontada como favorita ao título, somou três pontos, enquanto o time mineiro ficou sem pontuar nesta estreia na competição.

O Sesc-RJ começou com um ritmo intenso, sacando forte com o levantador Everaldo e se valendo de erros de recepção do Uberlândia/Gabarito para abrir uma boa diferença no placar, chegando aos 5 a 0 com facilidade. Os mineiros chegaram a esboçar uma reação, mas não conseguiram reduzir a vantagem que permaneceu elástica até fim do set, que fechou em 25 a 12.

Disposto a reverter a diferença, o Uberlândia/Gabarito começou a segundo set melhor, permanecendo à frente no placar até o Sesc-RJ empatar em 11 a 11. A partir daí o time da casa voltou a se acertar, apostando em bolas nas pontas para as finalizações do oposto Paulo Victor e do ponteiro Juninho e, ainda, obtendo êxito no bloqueio. No final, vitória dos donos da casa por 25 a 17.

O terceiro set voltou a ser de domínio do Sesc-RJ do início ao fim. Já sem o mesmo ritmo do início, o time da casa permitiu aos visitantes reduzir a diferença no placar, que mesmo assim foi o cômodo 25 a 19.

“Foi bom para tirar a ansiedade. Tivemos meses de preparo focados nesta competição. Estávamos com muita vontade de jogar, e isso se refletiu no primeiro set. Foi muito bom o nosso começo. O time adversário veio com um bom saque, quebrando nosso passe. Tivemos que jogar com paciência. Muito bacana ver um time de jovens tendo a oportunidade de jogar”, comentou o técnico Giovane Gavio.

“O time estava muito ansioso para começar logo a competição, a gente está há seis meses focado nesse objetivo, que é jogar a Superliga B. Foi bom pegar uma equipe jovem como essa de hoje, que dá para ver que tem muito futuro, que é a equipe do Minas. Dentro do jogo, a gente conseguiu ter um equilíbrio, e isso foi importante. Vão vir jogos ainda mais difíceis, então temos que estar focado no nosso time, independentemente contra quem a gente vai jogar”, observou o levantador Everaldo.

No próximo sábado, às 19h, o Sesc-RJ encara a ASPMA/Araucária/Berneck, no ginásio Parque Cachoeira. No mesmo dia, às 11h, o Uberlândia/Gabarito recebe o Clube Jaó/Universo, na Arena Minas, em Belo Horizonte.

foto: Marcos de Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário