segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Com período sem jogos, Caramuru/Castro ‘tirou o pé’ e repensa postura

Com a fase final da Copa Banco do Brasil, o MV Selmer/Compagás/Castro reduziu o ritmo dos treinamentos nos primeiros da última semana. A intenção da comissão técnica foi de realizar atividades mais espaçadas e menos intensas para focar na postura, no despertar de um inconformismo em cada um dos atletas que leve o grupo a reagir na Superliga 2016/2017.

“Precisamos de um comprometimento maior com os acertos. Temos tido constantes erros e, em determinados momentos, isso acaba provocando o descrédito e eles não tem conseguido recuperar a confiança (...) A reação esperamos ver em quadra. É necessário tocar no comprometimento; fazê-los entender que o tempo está passando, que a situação cada vez mais difícil, a água está chegando em um nível que temos de começar a nadar, ou, a correnteza arrasta”, explicou o técnico Fábio Sampaio. 

O Caramuru/Castro viaja na próxima sexta-feira para Minas Gerais, onde joga dia 28, às 19h, contra o Sada/Cruzeiro, no ginásio do Riacho, em Contagem. Atualmente na lanterna da competição, com apenas dois pontos, o time paranaense ainda não venceu e conquistar uma vitória em sua estreia na elite nacional virou quase uma obrigação.

“Eles (jogadores) têm que se sentir inconformados e demonstrar esse inconformismo dia após dia, treino pós treino, lance após lance. Precisamos buscar despertar isso no coração deles”, concluiu o comandante do Caramuru/Castro.

foto: Caramuru/Castro/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário