quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

(Superliga) Sesi-SP passa pelo Caramuru/Castro e segue na vice-liderança

Jogando no ginásio da Vila Leopoldina, o Sesi-SP derrotou o Caramuru/Castro por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/18 e 25/18, pela 11ª e última rodada do turno da Superliga 2016/2017. Com o resultado, a equipe paulistana se consolida na vice-liderança, com 26 pontos, enquanto o time paranaense segue na lanterna, com apenas dois pontos ganhos na tabela.

Quem espera um jogo fácil para o Sesi-SP viu os jovens do Caramuru/Castro pressionarem bastante durante todo o confronto. No primeiro set, os paranaenses, com bom trabalho de saque dificultaram a recepção dos donos da casa, que seguem sem contar com o líbero Serginho e o ponteiro Murilo. Entretanto, com grande atuação do ponteiro Douglas Souza, o time paulistano fechou em 25 a 20.

Tanto no segundo quanto no terceiro set, os visitantes buscavam forçar o saque para quebrar o passe adversário, porém isso gerava muitos erros. Se aproveitando disso, o Sesi-SP impôs seu volume de jogo e com vantagens seguras nos dois períodos o técnico Marcos Pacheco rodou quase todo o elenco. No final, vitória de 25 a 18 nos dois sets e três pontos a mais na tabela.

“Hoje fizemos uma boa partida e conseguimos fechar o ano como queríamos, mantendo a vice-liderança. A equipe de Castro vem mostrando uma boa evolução e isso é muito bom para o voleibol brasileiro”, comentou o técnico Marcos Pacheco, que ainda avaliou o ano de 2016.

“Nós, apesar das três derrotas que tivemos, fizemos um ano muito bom. Dentro das nossas condições e com atletas que vieram de um ciclo muito forte, principalmente os que estiveram nas olimpíadas, estamos no caminho certo. Vejamos esse ano com um saldo positivo. Agora é descansar e voltar com tudo, 100% para o returno e para brigar por mais uma conquista”, finalizou o comandante do Sesi-SP.

“No jogo de hoje, por exemplo, é muito difícil marcar Lucão e o Douglas Souza, neutralizar a Inteligência do Bruninho ou segurar o Rafa, que fez excelente partida. São jogadores de nível olímpico”, avaliava o técnico Fábio Sampaio, que projeta um segundo turno melhor para o Caramuru/Castro.

“Perdemos jogos que poderíamos ter ganho. E perdemos nos detalhes. Por isso, tivemos uma conversa com todo os jogadores antes desta partida, pedindo que refletissem sobre tudo o que vivemos até aqui. O comportamento tem que mudar para o returno. Precisamos parar de errar em momentos cruciais”, comentou o comandante paranaense, citando que o grupo terá acompanhamento psicológico já desde o início do segundo turno.

Com o recesso para as festas de final de ano, os clubes só voltam a quadra no dia 7 de Janeiro. Às 18h, o Sesi-SP recebe o Copel Telecom/Maringá, no ginásio da Vila Leopoldina, enquanto às 18h30min, o Caramuru/Castro pega a Funvic/Taubaté, no ginásio Abaeté.

Equipes:

Sesi-SP: Rafa, Théo, Lucão, Riad, Douglas Souza, Fábio e Pureza (líbero)
entraram: Bruninho, Leitzke, Alan, Vaccari e Johan
técnico: Marcos Pacheco

Caramuru/Castro: Gustavo, Edy, Thales, Diego, Robinho, Peron e Matheus (líbero)
entraram: Cris, Eric, Mendel e Edgar
técnico: Fábio Sampaio

foto: Raphael Amoroso

Nenhum comentário:

Postar um comentário