terça-feira, 20 de dezembro de 2016

(Superliga) Sesi-SP enfrenta o Caramuru/Castro na Vila Leopoldina

Pela 11ª e última rodada do turno da Superliga 2016/2017, o Sesi-SP recebe o Caramuru/Castro, nesta quarta-feira, às 19h, no ginásio da Vila Leopoldina. Atualmente na vice-liderança, com 23 pontos, o time paulistano quer a vitória para seguir na cola do líder Sada/Cruzeiro, enquanto a equipe paranaense, hoje na lanterna, com dois pontos, ainda busca a primeira vitória na competição.

Mesmo com as ausências do líbero Serginho e do ponteiro Murilo, o Sesi-SP conseguiu uma importante vitória na rodada passada diante do JF Vôlei, uma das equipes sensação dessa edição da Superliga. O técnico Marcos Pacheco espera que seu time entre 100% concentrado, ainda mais por se tratar da última partida da equipe no ano, já que a competição terá recesso para as festas.

Sem Serginho e Murilo, o líbero Pureza e o ponteiro Fábio foram os escolhidos para iniciar as partidas, sendo que o segundo sofre a concorrência de Vaccari, outro jogador formado na base do Sesi-SP, com potencial para ser titular. Por outro lado, o entrosamento Bruninho e Lucão é de dar inveja a qualquer equipe do mundo e a dupla ainda vem contando com o bom rendimento do oposto Theo.

Pelo lado do Caramuru/Castro, a equipe comemora o fato do técnico Fabio Sampaio ter sido absolvido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva da acusação de comportamento injurioso e indisciplina no jogo contra o São Bernardo, do dia 23 de novembro. Dentro de quadra, a aposta está no bom momento do levantador Gustavo e na confiança do treinador em seus jogadores, tanto que descartou qualquer tipo de reforço para o segundo turno.

“Temos obrigação de ganhar de adversários diretos e ainda torcer para resultados. Vamos motivar os atletas e tentar reverter algumas situações em quadra, no comportamento do time”, afirmou o treinador Fabio Sampaio.

Equipes:

Sesi-SP: Bruninho, Théo, Lucão, Aracaju, Douglas Souza, Fábio e Pureza (líbero)
técnico: Marcos Pacheco

Caramuru/Castro: Gustavo, Edy, Thales, Diego, Robinho, Peron e Matheus (líbero)
técnico: Fábio Sampaio

foto: Everton Amaro/Divulgação Fiesp

Nenhum comentário:

Postar um comentário