sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

(Superliga) Por primeira vitória, Lebes/Gedore/Canoas encara Caramuru/Castro

O ginásio La Salle, neste sábado, às 18h, recebe o duelo entre Lebes/Gedore/Canoas e Caramuru/Castro, pela 7ª rodada da Superliga 2016/2017. As duas equipes ainda não venceram na competição e aparecem na 11ª posição, com três pontos, no caso os gaúchos, e na lanterna, com apenas um ponto, situação do time paranaense. Sendo assim, o confronto promete duas equipes dispostas a fazer de tudo para acabar com suas sequência negativas.

No Lebes/Gedore/Canoas, o que se espera é que a equipe deixe de ficar no ‘quase’ e tenha tranquilidade para fechar os confrontos. Até aqui, em seis rodadas, a equipe gaúcha foi para três tie-breaks, perdendo para Funvic/Taubaté, Brasil Kirin e recentemente JF Vôlei. O ponteiro Gabriel segue sendo um dos destaques da equipe de Marcelo Fronckowiak, que sabe a importância de vencer o Caramuru/Castro, em casa.

Depois de enfrentar os quatro times considerados favoritos ao título (Sada/Cruzeiro, Brasil Kirin, Sesi-SP e Funvic/Taubaté), a equipe gaúcha tenta subir na tabela encarando times do mesmo nível, porém a derrota para o JF Vôlei, em Minas Gerais, ligou o sinal de alerta. Sacar bem e garantir um bom desempenho no side-out são os principais objetivos para a vitória.

No Caramuru/Castro, a semana sem jogos serviu para o técnico Fabio Sampaio estudar o adversário e corrigir alguns erros apresentados em jogos passados. Para o treinador, o elenco tem mostrado dois blocos distintos: um mais entusiasta, que joga mais com o fator harmonioso dentro de quadra, e, outro, que joga um vôlei mais técnico. O que vem trazendo resultados dentro de quadra, por enquanto, se saindo melhor em alguns momentos dos jogos é a equipe que joga mais solta.

“A equipe começa a jogar mais solta, e, sempre que jogou assim, se deu muito bem. Acredito que possamos voltar com três pontos e isso tenho muito claro em relação ao comportamento, a cabeça dos atletas, a cobrança entre eles (...) Mesmo na derrota, não demos passo para trás. Os erros estão se liquidando; temos receita para solucionar determinada falha e estamos no limite do desgaste. Embora todas essas derrotas, é um momento positivo para o grupo”, argumentou o técnico Fabio Sampaio.

Equipes:

Lebes/Gedores/Canoas: Evandro, Alemão, Gabriel, Alison, Ialisson, Maicon e Thales (líbero)
técnico: Marcelo Fronckowiak.

Caramuru/Castro: Edgar, Bruno Araujo, Edy Ney, Peron, Thales, Maycon e Mendel (líbero)
técnico: Fábio Sampaio

foto: Fernando Potrick/Gama

Nenhum comentário:

Postar um comentário