sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

(Superliga) Montes Claros e JF Vôlei prometem bom voleibol no Caldeirão

Montes Claros e JF Vôlei se enfrentam neste sábado, às 18h, no ginásio Tancredo Neves, pela 9ª rodada da Superliga 2016/2017. As duas equipes fazem boas campanhas e até são consideradas grandes surpresas da competição, já que o Pequi Atômico hoje é o 6º colocado, com 15 pontos, e o time da Zona da Mata aparece na 5ª posição, com 16 pontos. 

Depois de engatar duas vitórias sobre Funvic/Taubaté (fora) e Brasil Kirin (casa), o Montes Claros perdeu para o líder Sada/Cruzeiro, resultado que não pode ser considerado anormal. Entretanto, todos da equipe mineira sabem que para seguir no bom momento precisam reagir imediatamente, ainda mais enfrentando um adversário direto na tabela de classificação. 

“A torcida é o nosso combustível, ver todos aqui vibrando pela nossa equipe nos impulsiona ainda mais, para este jogo contamos mais uma vez com o apoio dos que amam o voleibol”, declarou o técnico Marcelinho Ramos, que entende a importância do fator local para conquistar a vitória.

O JF Vôlei chega para o confronto embalado por seis vitórias consecutivas, sendo a última delas contra o Bento Vôlei/Isabela, dentro do ginásio da UFJF. Na ocasião, o oposto Renan foi novamente um dos destaques do time e atualmente é o maior pontuador da competição, com 171 acertos. Aliás, a partida deste sábado o colocará frente a frente com Luan, o terceiro maior pontuador, com 136 acertos.

“Esperamos fazer mais uma boa partida. Temos imprimido um bom ritmo nas últimas exibições, e isso tem sido essencial para as vitórias. Precisamos seguir crescendo, a cada jogo, e estar bem principalmente contra adversários diretos, como o Montes Claros. Estamos treinando com base nos estudos do Henrique (Furtado), e vamos com tudo”, declarou o central Bruno Amorim.

Equipes:

Montes Claros: Murilo Radke, Luan, Jonathas, Bob, Robinho, Salsa e Gian (líbero)
técnico: Marcelinho Ramos

JF Vôlei: Rodrigo Ribeiro, Renan, Felipi Rammé, Raphael Marcarini, Bruno Amorim, Romulo e Juan Mendez (líbero)
técnico: Henrique Furtado

foto: Fredson Souza/MCV

Nenhum comentário:

Postar um comentário