sábado, 17 de dezembro de 2016

(Superliga) Mesmo com pressão da torcida mineira, Sesi-SP derrota JF Vôlei

Jogando no ginásio da UFJF completamente lotado, o Sesi-SP precisou lutar muito para vencer o JF Vôlei por 3 sets a 1, parciais de 27/25, 25/15, 24/26 e 25/16, pela 10ª rodada da Superliga 2016/2017. Com o resultado, o time paulistano chegou aos 23 pontos e assumiu, pelo menos temporariamente a vice-liderança, enquanto a equipe mineira parou nos 16 pontos e permanecer na 6ª colocação.

O Sesi-SP saiu na frente com o central Aracaju. O placar esteve equilibrado, com um de vantagem para o time paulista em 6 a 5. No bloqueio de Rômulo, o JF Vôlei deixou tudo igual em 6 a 6. O time da casa, então, colocou dois de vantagem em 10 a 8 e Marcos Pacheco pediu tempo. A diferença passou a ser de três em 16 a 13. A diferença diminuiu em 18 a 16 no ponto de bloqueio de Aracaju. No ace de Drago, que havia entrado para sacar, o JF Vôlei colocou quatro a frente (21 a 17). O Sesi-SP reagiu e reduziu a desvantagem e, com dois bloqueios seguidos e um ataque de Lucão, empatou em 22 a 22. O set seguiu equilibrado. Em boa passagem de Bruno pelo saque, o Sesi-SP fez 25 a 24 e Henrique Furtado parou o jogo. No final, o time paulista fechou em 27 a 25.

O JF Vôlei começou melhor na segunda parcial e logo abriu 4 a 1. O Sesi-SP buscou e, com dois pontos seguidos de Théo, deixou tudo igual (4 a 4). Na bola de segunda de Rodrigo, o time mineiro encostou no Sesi-SP em 6 a 7. No bloqueio de Douglas Souza, a equipe de São Paulo abriu dois: 8 a 7. Com dois pontos de saque de Lucão, 10 a 7. O JF Vôlei pediu tempo. Diferente do primeiro set, quando enfrentou dificuldades, o Sesi-SP teve tranquilidade neste segundo e colocou 10 de vantagem em 23 a 13. No final, com Alan, o time visitante fechou em 25 a 15.

O time da casa não desanimou e voltou melhor para a terceira parcial, quando abriu 8 a 6. Neste momento, Marcos Pacheco pediu tempo. Com Douglas Souza, o Sesi-SP encostou em 12 a 11 e no ponto de saque dele mesmo, 12 a 12. Com Renan pontuando bem, o JF Vôlei abriu dois (14 a 12) e no ace de Riad, que entrou no lugar de Aracaju, contundido, 14 a 14. O Sesi-SP passou a pontuar mais, mas, com dois erros consecutivos, o placar ficou igual novamente em 20 a 20. O time da casa ainda fez 21/20, forçando Pacheco a pedir tempo. O JF Vôlei fez 23 a 22 e, com Renan, fechou o terceiro set em 26 a 24.

O quarto set começou com ponto de saque de Riad. Ricardo pontuou e o JF Vôlei assumiu o comando do marcador: 3 a 2. No erro de saque do adversário, o Sesi-SP fez 5 a 5. Em boa passagem de Riad pelo saque, o time visitante chegou a 9 a 7. O Sesi-SP seguiu bem e quando chegou a 13 a 10, Henrique Furtado pediu tempo. Com Lucão, a equipe paulista marcou 18 a 14. No bloqueio simples de Alan, 20 a 14. E o Sesi-SP fechou o set em 25 a 16.

“Foi uma boa tarde para o Sesi-SP, mas a nossa equipe está muito jovem desde que perdeu o Murilo e o Serginho, contundidos, e teve que se reconstruir de novo. Estamos sofrendo com alguns fundamentos, mas essa molecada que entrou tem um potencial muito grande e vai nos ajudar”, declarou o central Lucão, que foi eleito o melhor da partida.

“Nós conseguimos fazer um jogo, mas a equipe deles é muito mais experiente que a nossa e mereceu a vitória. Agradecemos a torcida que compareceu e nos ajudou muito na partida de hoje”, concluiu o oposto Renan.

"Fizemos uma boa partida, com margem para crescer. O Sesi-SP é muito qualificado - nos obrigou a jogar com o passe quebrado, o tempo todo. Trabalhamos bem no saque e também no bloqueio, e, em muitos momentos, conseguimos jogar de igual para igual com eles. Temos que seguir essa linha de treino forte e trabalho intenso, para buscar a vitória contra qualquer adversário", declarou o técnico Henrique Furtado.

Na próxima quarta-feira, às 19h, o Sesi-SP enfrenta o Caramuru/Castro, no ginásio da Vila Leopoldina. No dia seguinte, às 21h55min, o JF Vôlei encara a Funvic/Taubaté, no ginásio Abaeté.

Equipes:

JF Vôlei: Rodrigo Ribeiro, Renan, Rômulo, Bruno, Ricardo Jr, Rammé e Juan Mendez (líbero)
entraram: Adami, Raphael, Moreno, Fábio Paes e Drago
técnico: Henrique Furtado

Sesi-SP: Bruninho, Théo, Lucão, Aracaju, Douglas Souza, Fábio e Pureza (líbero)
entraram: Vaccari, Riad, Alan e Rafa
técnico: Marcos Pacheco

foto: Vitor Bara/JF Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário