sábado, 31 de dezembro de 2016

Retrospectiva 2016: O ouro olímpico e o domínio do Sada/Cruzeiro

2016 não foi um ano fácil, com o Brasil sendo tomado por uma crise política e econômica, além da tragédia com o vôo da Chapecoense que iria disputar sua primeira final de uma competição internacional. Entretanto, este ano também foi de Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, e a seleção masculina, comandada por Bernardinho, faturou o ouro em pleno Maracañazinho.

Após a medalha de prata dolorida em Londres/2012, onde a Rússia, do central/oposto Muserskiy, virou uma partida quase ganha pelos brasileiros, conquistar o ouro em casa virou determinação para Bruninho, Lucão, Wallace, Serginho, que estavam em quadra naquela decisão. O ponteiro Lipe, com a sua vibração característica, assumiu a titularidade em meio a competição e foi importante para dar confiança ao time, que ainda contou com atuações seguras do central Maurício Souza.

Depois de vencer México e Canadá, a Seleção Brasileira perdeu para Estados Unidos e Itália, indo para o último jogo da fase classificatória precisando vencer a França. Com Bruninho e Wallace jogando demais, o time verde e amarelo garantiu vaga nas quartas de final. Hoje, Bernardinho explica que o duelo contra os franceses foi o mais tenso de todos e ali se encontrou uma equipe vencedora.

Nas quartas de final veio a vitória sobre a Argentina, que fez bela campanha na fase anterior, enquanto nas semifinais o Brasil não deu chances para a Rússia, que buscava o bicampeonato. Na decisão, os brasileiros tiveram pela frente a Itália e desta vez, diferente da partida anterior, os comandados de Bernardinho mostraram seu talento para subir no lugar mais alto do pódio.

No quesito clubes, o Brasil viu o Sada/Cruzeiro manter sua hegemonia com a conquista da Superliga 2015/2016, a Supercopa, a Copa Brasil, o Sul-Americano, o Campeonato Mineiro e o Mundial. A equipe celeste, comandada por Marcelo Mendez, venceu todos os torneios que disputou na temporada e fechou o primeiro turno da Superliga 2016/2017 sem perder nenhuma partida.

foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário