quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Minas Tênis Clube e Sesc-RJ saem empatados de amistosos em Belo Horizonte

Em preparação para o segundo turno da Superliga 2016/17 e para a estreia na Superliga B, Minas Tênis Clube e Sesc-RJ realizaram dois amistosos, nesta semana, na Arena, em Belo Horizonte. Na quarta-feira, os donos da casa levaram a melhor e vencera por 3 sets a 1, parciais de 26/24, 27/25, 25/19 e 23/25, com destaque para o oposto Abouba, enquanto nesta quinta-feira, os cariocas venceram por 3 sets a 1, parciais de 26/24, 25/18, 25/21 e 21/25.

Atualmente na 8ª posição da Superliga 2016/2017, o Minas Tênis Clube vem tendo altos e baixos na competição, realizando uma campanha de cinco vitórias e seis derrotas. A expectativa é que o time tenha um rendimento melhor, ainda mais com a recuperação do oposto Bisset, que passou por parte do turno lesionado. O jogador cubano e o ponteiro Samuel são dois atletas que ainda não estão em suas melhores condições.

“Nosso objetivo é acertar a equipe. Estamos testando uma nova formação, com o Bisset na ponta. Jogamos hoje os dois primeiros sets com a equipe que a gente acredita que vai para a Superliga, e, nos outros dois, rodamos a equipe. Amanhã também jogaremos assim. O objetivo é não ficar parado para, na volta da Superliga, ter um resultado melhor e a equipe mais entrosada”, declarou o técnico Nery Tambeiro, sobre o duelo de quarta-feira.

“A equipe entrou um pouco desfocada hoje (quinta-feira), mas foi bom para trabalhar o Bisset como ponteiro. Foi apenas o terceiro jogo dele na posição e mostrou algumas deficiências, que vamos tomar cuidado e corrigir. De modo geral, foi muito bom. O balanço foi ótimo. Se não tivéssemos os amistosos, seria só treino e, com certeza, não seria na mesma intensidade. Agora, é sair para o ano novo, esquecer o vôlei um pouco, esfriar a cabeça e voltar zerado. Temos que fazer um returno bem melhor, temos consciência disso, mas estamos no caminho certo”, concluiu o comandante do Minas Tênis Clube.

Equipes:

Minas Tênis Clube: Thiago Gelinski, Abouba, Bisset, Mão, Flávio, Brunão e Rogerinho (líbero)
entraram: Samuel, Willian, Pétrus, Matheus, Winck, Daniel Mascarenhas e Honorato
técnico: Nery Tambeiro

Sesc-RJ: Everaldo, Hugo, Pirulito, PV, Juninho, Tiago e Ale (líbero)
entraram: Leozão, Pedro, Renatão, Lucianinho, Renan, Bertolini e Ary
técnico: Giovane Gávio

foto: Ignácio Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário