quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Com vaga na Superliga B, Rádio Clube/AVP quer ir além do Mato Grosso do Sul

Uma das novidades da próxima edição da Superliga B, que começa no dia 7 de janeiro, o Rádio Clube/AVP recoloca o voleibol do Mato Grosso do Sul novamente no cenário nacional. Depois de 30 anos, quando o Estado contava com a Copagaz (onde jogaram nomes como Pampa, Bozó e Pezão), os comandados de Julio Trindade esperam fazer bonito após deixar boa impressão na Taça Prata.

“Para nós, como atletas, é muito importante estar jogando no cenário nacional. Como nossas pretensões de carreira profissional, foi um feito muito grande, pois há três décadas que Mato Grosso do Sul não tem uma equipe representante o voleibol nacional”, declarou o levantador Ricardo Silveira, em entrevista ao jornal O Estado Online.

No último dia 3, o Rádio Clube/AVP conquistou, de forma invicta, a VIII Copa Cidade de Campo Grande vencendo os seis jogos que realizou e perdendo apenas quatro sets. Além disso, a equipe sul-mato-grossense dominou a região, vencendo os principais torneios, como a VI Copa Pantanal, os Jogos Universitários do Mato Grosso do Sul e o 38º Jogos Abertos de Campo Grande.

Para a Superliga B, a expectativa é que o Rádio Clube/AVP busque reforços, sendo que atualmente conta com 19 jogadores no elenco. O diretor da equipe, Geninho Alves, segue na busca por parceiros e patrocinadores, lembrando que o time de Mato Grosso do Sul folga na 1ª rodada e faz sua estreia no dia 14 de janeiro, às 19h, diante da Apan/Barão/Blumenau, em Santa Catarina.

foto: Rádio AVP/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário