quinta-feira, 24 de novembro de 2016

(Superliga) No tie-break, São Bernardo leva a melhor sobre Caramuru/Castro

Em um jogo decidido no detalhe, o São Bernardo derrotou o Caramuru/Castro por 3 sets a 2, parciais de 25/22, 19/25, 26/24, 15/25 e 12/15, no ginásio Padre José Pagnacco, pela 5ª rodada da Superliga 2016/2017. Essa foi a primeira vitória do time do ABC paulista, que chegou aos três pontos e subiu para a 9ª colocação, enquanto a equipe paranaense segue na lanterna, mais agora com um ponto ganho.

As duas equipes entraram em quadra dispostas a buscar sua primeira vitória. O Caramuru/Castro começou melhor e apostando na boa distribuição do levantador Gustavo, conseguiu a vitória no primeiro set por 25 a 22. Na segunda parcial, São Bernardo foi para cima e apostando na força do oposto Gabriel, que foi o maior pontuador da partida (25 acertos) e ajudou o time do ABC paulista a fazer 19 a 25.

No terceiro set, o equilibrou foi enorme, com as duas equipes brigando por cada ponto. O saque do Caramuru/Castro prejudicava as ações do levantador Marlon, que abusava das jogadas pelas pontas, porém o São Bernardo equilibrava com qualidade no side-out. No final, vitória dos donos da casa nos detalhes por 26 a 24. No quarto set, os comandados de Douglas Chiarotti mostraram muita força tanto no saque quanto nos contra-ataques, com destaque para os ponteiros Ademar e Madaloz, que ajudaram a equipe a fazer 15 a 25.

O tie-break foi bastante disputado, mas o que se via era um Caramuru/Castro muito nervoso e errando demais, principalmente no saque flutuante, talvez pensando na conquista da primeira vitória na elite nacional. Do outro lado, mesmo também estando uma equipe jovem, o levantador Marlon conseguia passar tranquilidade ao time do São Bernardo, que teve paciência para fechar em 12 a 15.

"Acredito que essa vitória venha desbloquear o nosso jogo. Nas partidas anteriores tivemos chances e até set points e não conseguimos fechar. Nosso time é basicamente composto por estreantes em Superliga, com exceção do Marlon e do libero Rafinha. Nesse grupo que está disputando a competição temos os nossos jogadores juvenis e infanto que farão a final nas duas categorias no campeonato Paulista. A nossa meta é nos mantermos na Superliga para a próxima temporada e nosso sonho é conseguir uma vaga nos playoffs", declarou o gerente da equipe do ABC, Joel Monteiro.

“Nós erramos muito menos que no último jogo, mas nas horas decisivas faltou qualidade, principalmente nas bolas fáceis (...) É (um time) muito novo, jovem, na hora pesa muito a cabeça, vai na sede de decidir, erra. Não tem pensamento de trabalhar a bola, fechar na segunda, terceira bola se precisar. Agora, é descansar, começar a treinar, pensando no Maringá, um clássico do Paraná”, afirmou o ponteiro Edy Ney.

“Tivemos duas semanas muito boas de treinamento, mas em quadra não conseguimos apresentar um bom voleibol. Talvez, por termos um elenco muito nivelado, estamos rodando muito a equipe e está difícil para assentar, ponto que a comissão técnica vai estudar para o jogo contra o Maringá”, declarou o técnico Fabio Sampaio.

O São Bernardo volta a quadra neste sábado, às 18h, contra o Sesi-SP, no ginásio do Sesi-Santo André. No mesmo dia, às 20h, o Caramuru/Castro recebe o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Padre José Pagnacco.

Equipes:

Caramuru/Castro: Vôlei: Gustavo, Edy Ney, Sibá, Peron, Thales, Maycon e Mendel (líbero)
entraram: Diego, Caio, Bruno Araujo, Cris, Alesson e Edgar
técnico: Fábio Sampaio

São Bernardo: Marlon, Gabriel, Madaloz, Ademar, Wennder, Vitão e Rafinha (líbero)
entraram: Matheus, Yago, Babu, Vini e Pernambuco
técnico: Douglas Chiarotti

foto: Christian Cristóforo/Caramuru/Castro

Nenhum comentário:

Postar um comentário