domingo, 27 de novembro de 2016

(Superliga) Na volta ao Riachão, Sada/Cruzeiro ganha do Minas Tênis Clube

Considerado o grande favorito ao título, o Sada/Cruzeiro derrotou o Minas Tênis Clube por 3 sets a 1, parciais de 25/19, 25/14, 19/25 e 25/23, no ginásio do Riacho, em Contagem, pela 6ª rodada da Superliga 2016/2017. Com o resultado, o time celeste mantém o 100% de aproveitamento e a liderança, com 18 pontos, enquanto a equipe de Belo Horizonte parou nos cinco pontos e permanecer na 8ª colocação.

O Sada/Cruzeiro abriu o placar da partida no ponto de bloqueio de Simón. O início da parcial teve equilíbrio com o empate em 3 a 3. Na sequência, o time cruzeirense abriu dois em 9 a 7. Depois de boa defesa e Mão e ponto de Samuel, o Minas Tênis Clube encostou em 11 a 10 e, no bloqueio de Flávio, tudo igual em 11 a 11. Quando o Sada abriu vantagem em 17 a 13, Nery Tambeiro pediu tempo. Com Rodriguinho, o time da casa fez 21 a 16. O Sada/Cruzeiro, então, manteve o bom ritmo e fechou em 25 a 19.

O time do Cruzeiro abriu 2/0 no início do segundo set. Com Evandro, abriu 5 a 2. No ace de Leal, o Sada/Cruzeiro marcou 9 a 5. O placar ainda foi para 10 a 5 e Nery Tambeiro pediu tempo. Na volta, mais um ponto de saque de Leal: 11 a 5. No bloqueio, o Minas Tênis Clube fez o 11º ponto, enquanto o adversário tinha 18. Com facilidade ainda mais do que no set anterior, o Sada Cruzeiro colocou dez de vantagem em 22 a 12. No final, no ace de Evandro, a equipe cruzeirense fechou em 25 a 14.

O Minas Tênis Clube não desistiu do jogo e, no ponto de saque de Filipe, chegou a 3 a 1. No bloqueio de Felipe, o time visitante marcou 7 a 4. Com dois pontos seguidos de Rodriguinho, o Sada Cruzeiro encostou em 9 a 8. No bloqueio de Simón, o time da casa chegou ao ponto de empate em 10 pontos. No bloqueio de Bruno, o Minas voltou a abrir (14 a 12). A diferença foi de três em 18 a 15. Quando o adversário fez 20 a 16, Marcelo Mendez pediu tempo. O Minas seguiu bem e o treinador do Sada pediu mais um tempo em 23 a 17. No final, vitória do Minas por 25 a 19.

Contando com erros do Minas, o Sada Cruzeiro abriu 4 a 1 logo no começo do quarto set. A diferença no placar aumentou ainda mais em 7 a 3. Com Isac pelo meio, os cruzeirenses marcaram 9/5. Em boa passagem de Mão pelo saque, o Minas reagiu reduziu a diferença para dois pontos (10 a 8). A vantagem seguiu de dois em 13 a 11. No bloqueio de Isac, o Sada abriu cinco no placar (17 a 12) e Nery Tambeiro parou o jogo. Com Felipe pontuando bem, o Minas voltou a aproximar no marcador: 18 a 16. A diferença se manteve em 20 a 18. Maior equilíbrio na reta final do set, quando o Sada teve apenas um de vantagem em 23 a 22 e, depois, 24 a 23. E os cruzeirenses fecharam em 25 a 23.

“Foi uma partida boa. Fizemos os primeiros sets muito fortes, depois erramos muito no saque e, por isso, perdemos a parcial. Depois recuperamos e conseguimos a vitória. Nem sempre se pode ganhar de 3 sets a 0, mas o importante é ganhar os três pontos e seguir no topo da tabela”, analisou o ponteiro Leal.

O Sada/Cruzeiro volta a quadra na próxima sexta-feira, às 19h, para enfrentar o Bento Vôlei/Isabela, no ginásio municipal de Bento Gonçalves. Já o Minas Tênis Clube encara, no dia seguinte, às 17h, o JF Vôlei, na Arena, em Belo Horizonte.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Evandro, Isac, Simón, Rodriguinho, Leal e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa e Alan
técnico: Marcelo Mendez

Minas Tênis Clube: Gelinski, Abouba, Flávio, Bruno, Samuel, Tiago Mão e Rogerinho (líbero)
entraram: Abouba, Carísio e Felipe
técnico: Nery Tambeiro

foto: Washington Alves/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário