sábado, 19 de novembro de 2016

(Superliga) Montes Claros se recupera e vence São Bernardo no ABC paulista

Mesmo jogando no ginásio Adib Myses Dib, o Montes Claros derrotou o São Bernardo por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/21 e 25/19, pela 4ª rodada da Superliga 2016/2017. Com o resultado, a equipe mineira, que vinha de derrota, se recupera e assume, pelo menos temporariamente, a vice-liderança, com nove pontos. Já o time do ABC paulista segue na 10ª posição, com apenas um ponto ganho.

A partida iniciou com São Bernardo fazendo valer o fator casa e impondo seu ritmo de jogo: 8 a 5. O Montes Claros buscava equilibrar as ações forçando o saque, mas não conseguia diminuir a diferença: 12 a 9. Com o central Robinho sendo bastante utilizado por Murilo Radke, os visitantes iniciaram uma reação (15 a 16) e logo empataram o confronto: 21 a 21. A reta final foi emocionante e o Pequi Atômico, que teve mais tranquilidade, acabou fechando em 22 a 25.

No segundo set, o Montes Claros iniciou melhor, colocando 5 a 9 no placar. Além de Robinho, o oposto Luan era destaque, ajudando a equipe a manter uma boa diferença: 10 a 15. O São Bernardo tinha dificuldades na virada de bola, já que o passe não chegada ao levantador Marlon e com isso, os visitantes foram se distanciando no marcador: 13 a 17. Na reta final, os comandados de Douglas Chiarotti reagiram: 18 a 19, mas novamente o time mineiro teve mais calma para fechar em 21 a 25.

São Bernardo veio para o tudo ou nada no terceiro set e com um saque forçado abriu 7 a 3. O técnico Marcelinho Ramos pedia atenção aos seus jogadores, que ouviram o recado e deixaram tudo igual na sequência: 9 a 9. A partir daí, o Montes Claros começou a dominar as ações em quadra e abrir diferença no placar: 11 a 14. O saque fazia estragos no adversário, com aces de Luan e Índio e no final veio a vitória por 19 a 25.

“Eles imprimiram um bom ritmo de jogo no começo da partida, demoramos para engrenar, mas depois conseguimos fazer uma virada de placar e demos continuidade no jogo para conseguir o resultado positivo. Fiquei feliz por ser considerado o melhor do jogo, mas todos merecem esse troféu. É motivador e isso faz com que eu mantenha esse ritmo para as próximas partidas", comentou o central Robinho.

“Acho que ponto forte da equipe foi o coletivo mais uma vez, visto que usamos todos os atletas, além da mudança de estratégia do nosso saque. Fazemos parte de um bloco intermediário da tabela, então pontuar sempre é importante, já que o equilibro é muito grande, e também pelo fato de não termos pontuado na última partida”, destacou o treinador Marcelinho Ramos.

O Montes Claros volta a jogar na próxima quarta-feira, às 18h, diante do Sesi-SP, no ginásio Tancredo Neves. Já o São Bernardo irá ao Paraná encarar o Caramuru/Castro, no mesmo dia, às 20h, no ginásio Padre José Pagnacco.

Equipes:

São Bernardo: Marlon, Gabriel, Madaloz, Ademar, Wennder, Vitão e Vini (líbero)
entraram: Gabriel Santos, Matheus, Wallaf e Pernambuco
técnico: Douglas Chiarotti

Montes Claros: Murilo Radke, Luan, Alê, Bob, Salsa, Robinho e Kachel (líbero)
entraram: Índio, Jonatas, Rafael, Cléber e Wanderson
técnico: Marcelinho Ramos

foto: Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário