domingo, 20 de novembro de 2016

(Superliga) JF Vôlei mostra bom volume de jogo e derrota Caramuru/Castro

Pela 4ª rodada da Superliga 2016/2017, o JF Vôlei venceu o Caramuru/Castro por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/15 e 25/18, no ginásio da UFJF. Com o resultado, o time mineiro, que teve como destaque o oposto Renan Buiatti (20 acertos) chegou aos cinco pontos e aparece na 7ª posição, enquanto a equipe paranaense continua na lanterna sem ter pontuado ainda na competição.

A partida começou equilibrada, com os dois times buscando forçar o saque para quebrar o passe adversário. Após muitas trocas de pontos: 10 a 10, os donos da casa começaram a se distanciar no placar, quando o oposto Renan e o ponteiro Ricardo Júnior foram mais acionados pelo levantador Rodrigo Ribeiro: 17 a 13. O Caramuru/Castro não conseguia reagir na parcial e com tranquilidade o JF Vôlei fechou em 25 a 19.

O JF Vôlei começou arrasador no segundo set e logo fez 3 a 0 no placar. Com bom trabalho nos contra-ataques, a equipe mineira fez 9 a 5 e logo tinha uma bela vantagem de 14 a 5, obrigando o técnico Fábio Sampaio a mexer na equipe para trazer ‘algo novo’ para o período. Novamente, o oposto Renan era a principal referência no ataque dos donos da casa, que colocaram 18 a 11 no placar e fecharam em 25 a 15.

O terceiro set foi quase uma cópia do anterior, com os comandados de Henrique Furtado muito a vontade em quadra e fazendo 5 a 3 no início. Com mais intensidade e com o passe na mão, o JF Vôlei conseguiu abrir boa vantagem na metade da parcial: 15 a 8 e o que se via no outro lado da rede era uma equipe sem poder de reação, tanto que o placar chegou a ser de 21 a 10. No final, vitória por 25 a 18 dos mineiros.

“O time está numa crescente. Jogamos bem contra os dois primeiros oponentes, vice-campeão e campeão da Superliga, mesmo não conseguindo vitórias. Depois, contra São Bernardo, tivemos momentos em alto nível de ataque e saímos com o resultado positivo. Agora, fomos muito bem, o tempo todo, em todos os fundamentos. Estamos ganhando constância e errando menos. Conseguimos neutralizar um saque muito agressivo do Caramuru e ir bem no ataque. A evolução vem a partir do trabalho forte. Treinamos para oscilar pouco. Ainda temos muito a melhorar, mas já estamos evoluindo”, declarou o técnico Henrique Furtado.

“O nosso crescimento coletivo é o principal fator responsável pela vitória. Nosso side out foi muito bom, determinante. Conseguimos marcar bem, com bloqueio e defesa funcionando. Era um confronto direto. É importante jogar em casa e, sempre que der, fazer os três pontos. Estamos focados em jogar bem, em crescer e em ter regularidade durante os jogos”, disse o ponteiro Ricardo Júnior.

“Uma tarde para esquecer, onde nada deu certo (...) Parece que (os jogadores) acabaram sentindo uma certa obrigação por ser adversário direto. Faltou experiência e uma certa tranquilidade para administrar algumas coisas. Até 3 a 3 estava um jogo bacana, tendia ser a nosso favor. A partir dali, iniciou série de erros. A parte emotiva (dos atletas) estava muito pra baixo”, analisou o treinador Fábio Sampaio.

Na próxima quarta-feira, às 19h30min, o JF Vôlei visita o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Chico Neto. Já o Caramuru/Castro recebe o São Bernardo, no mesmo dia, às 20h, no ginásio Padre José Pagnacco.

Equipes:

JF Vôlei: Rodrigo Ribeiro, Renan Buiatti, Rammé, Ricardo Júnior, Bruno, Romulo e Fabio Paes (líbero)
entrou: Juan Mendez
técnico: Henrique Furtado

Caramuru/Castro Vôlei: Edgar, Caio, Robinho, Peron, Thales, Maycon e Matheus (líbero)
entraram: Diego, Gustavo, Cris, Eric, Sibá e Bruno Araujo
técnico: Fábio Sampaio

foto: Vítor Bara/JF Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário