domingo, 13 de novembro de 2016

(Superliga) Em jogão, Minas Tênis Clube ganha do Sesi-SP nos detalhes

Pouco mais de mil pessoas viram um grande jogo na Arena, em Belo Horizonte, quando o Minas Tênis Clube venceu o Sesi-SP por 3 sets a 2, parciais de 23/25, 20/25, 25/23, 25/23 e 16/14, pela 3ª rodada da Superliga 2016/2017. Com o resultado, a equipe mineira chega aos cinco pontos e assume a 6ª posição, enquanto o time paulistano agora tem sete pontos e é o 3º colocado.

No primeiro set, o Sesi-SP encontrou dificuldades para passar pelo bloqueio do Minas Tênis Clube, sempre liderado por Abouba e Mão ou Flávio e Vanole. O ataque dos donos da casa também teve sucesso, o que impediu os adversários de abrirem grande vantagem. Entretanto, no final, os visitantes, com destaque para o ponteiro Murilo, fecharam em 23 a 25.

O segundo set começou diferente do anterior, com os donos da casa cometendo alguns erros, o que fez o Sesi-SP aproveitar para abrir certa vantagem: 8 a 12. O Minas Tênis Clube se acertou em quadra e diminuiu a diferença (15 a 18), mas, no fim os visitantes estavam mais concentrados e com boa distribuição de Bruninho, que usava bastante os centrais, principalmente, Aracaju, fecharam em 20 a 25.

No terceiro set, o time minastenista levou um susto logo no início, quando o central Petrus subiu para um bloqueio e desabou em quadra. O jogador sofreu uma forte torção no tornozelo direito, que o tirou do restante da partida. Em quadra, o time da casa jogou muito bem, tendo a defesa atenta e o ataque eficiente conseguiu equilibrar as ações e vencer a parcial em 25 a 23.

O Minas Tênis Clube voltou para o quarto set empolgado pela vitória e empurrado pela torcida. Assim, o time da casa foi ao ataque, com destaque para o ponteiro Tiago Vanole e o oposto Abouba (maiores pontuadores do jogo com 22 acertos cada). Com muito equilíbrio, os dois times disputaram a parcial ponto a ponto e no final, os comandados de Nery Tambeiro fecharam em 25 a 23.

No tie-break, muita emoção em quadra. O Minas Tênis Clube pediu o apoio da torcida, que correspondeu nas arquibancadas da Arena. Com muita garra e determinação, os donos da casa foram ao ataque. Já o Ses-SP apostava na experiência de seus jogadores, tendo em Murilo seu principal atacante. Nos destalhes, os mineiros acabaram vencendo por 16 a 14, quebrando assim a invencibilidade do adversário.

“A gente trabalha muito todos os dias. Uma hora a gente chega no ápice, como hoje. Na derrota contra o Montes Claros, perdemos o Gelinski e entrou Carísio. Ele atendeu muito bem as nossas expectativas e ajudou a equipe. Tivemos um pouco mais de tempo para trabalhar nesta semana e o time conseguiu se entrosar bem. Vamos continuar o trabalho e as vitórias virão dentro de quadra”, avaliou o técnico Nery Tambeiro.

“Perdemos em Montes Claros e aquele jogo foi dolorido para nós. Levantamos a cabeça, trabalhamos duro nesta semana e conseguimos vencer hoje. Jogamos juntos, a união do nosso time fez a diferença. Também precisamos muito do apoio da torcida. Sempre queremos e precisamos dos torcedores jogando com a gente, isso nos ajudará muito”, comentou o ponteiro Thiago Vanole.

No próximo sábado, às 21h, o Minas Tênis Clube volta a quadra para enfrentar a Funvic/Taubaté, no ginásio Abaeté. No mesmo dia, às 20h, o Sesi-SP vai até o Rio Grande do Sul encarar o Bento Vôlei/Isabela.

Equipes:


Minas Tênis Clube: Carísio, Abouba, Mão, Vanole, Pétrus, Flávio e Rogerinho (líbero)
entraram: Mateus, Bruno Felício, Samuel e Felipe
técnico: Nery Tambeiro

Sesi-SP: Bruninho, Théo, Lucão, Aracaju, Murilo, Douglas Souza e Serginho (líbero)
entraram: Fabio, Alan e Rafinha
técnico: Marcos Pacheco

foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Nenhum comentário:

Postar um comentário